POLÍTICA

O que eu aprendi com a crise no Espírito Santo

Autor

Estou acompanhando pelo Twitter as atrocidades que estão ocorrendo na Grande Vitória. Estou tentando olhar tudo aquilo com um certo olhar antropológico. Vi vários vídeos e em todos o que mais me chamou a atenção e que o ser humano tem muito a evoluir.

Essa delinquência coletiva de saques no Espírito Santo serve pra mostrar que o crime não é fruto da sociedade. O ser humano é, em uma parte de todos nós, mau, egoísta e oportunista, em qualquer questão ou situação. Entre os saqueadores há um monte de gente de bem e pai de família, não criminosos por profissão.

O que eu aprendi com a crise no Espírito Santo

Sabe o ditado a ocasião faz o ladrão? Sempre o considerei ERRADO. O correto seria a ocasião revela o ladrão. Se você tem não tem a índole de roubar, não será a ocasião que fará você ser um ladrão. A ocasião irá apenas revelar quem é você de verdade.

Cabe a nós, exclusivamente a nós, individualmente, desenvolver e cultivar valores a seguir e, principalmente, ensinar aos nossos filhos a linha clara do que é certo e errado.