ESPORTES

A ausência de um jogador na seleção do Brasileiro foi muito sentida

Autor
A ausência de um jogador na seleção do Brasileiro foi muito sentida

(CBF / Divulgação)

A seleção do Campeonato Brasileiro saiu quentinha do forno um dia após o término da competição. Em evento realizado no Rio de Janeiro, o time do torneio foi indicado pela CBF. Foram nada menos do que quatro jogadores do campeão Corinthians: o lateral-direito Fagner, o zagueiro Balbuena, o lateral-esquerdo Arana e o atacante Jô. Até natural.

A ausência de um jogador na seleção do Brasileiro foi muito sentida

(Agif)

Então o anúncio seguiu sem maiores escândalos. Geromel e Arthur do Grêmio, Thiago Neves do Cruzeiro, Hernanes do São Paulo e Henrique Dourado, do Fluminense. E o técnico Fábio Carille, do Corinthians. Então, de repente a turma se deu conta: mas onde estaria o Luan, do Grêmio e considerado o melhor jogador do futebol brasileiro na temporada?

Bateu aquela revolta séria no gremista.

E valeu até atacar a presença de um rival para defender a ideia de que Luan tinha, sim, de estar lá.

E isso tudo menos de uma semana depois de Luan ter arrebentado na final da Copa Libertadores e ter sido eleito o melhor jogador do torneio sul-americano. Uma das possíveis explicações é o fato de o Grêmio ter utilizado um time reserva no Brasileiro em várias rodadas. Mas, ainda assim, Geromel e Arthur, também do Grêmio, ainda estão lá. Por isso, ficou a pergunta.