ESPORTES

A honesta irritação de um jogador com o técnico da Itália viralizou

Author
A honesta irritação de um jogador com o técnico da Itália viralizou

Empate nervoso entre a sua seleção em casa e um adversário pelas eliminatórias da Copa do Mundo. Em casa, o time precisa de um gol para levar a decisão da vaga ao menos para a prorrogação. O auxiliar do técnico chama o jogador. Ele atende animado, certo? Não no caso do volante italiano Danielle De Rossi.

O jogador foi chamado pelo auxiliar do técnico Giampietro Ventura para entrar em campo durante o empate entre Itália e Suécia. E recusou. O motivo foi claro: De Rossi entendeu que suas funções mais defensivas não ajudariam um time que precisava vencer. E apontou o dedo para Insigne, atacante do Napoli, que estava também no banco de reservas.

"Precisamos de gol, não de empatar", disse De Rossi ao auxiliar, fechando a cara.

Nenhum dos dois jogadores entrou em campo. Ao fim da partida, com a Itália eliminada, De Rossi anunciou a sua aposentadoria da seleção, que defendeu por 16 anos.

Sujeito honrado.