ESPORTES

Antes criticado, ele virou um xodó da Fiel corintiana depois de comemorar um gol

PTorre
Autor
PTorre
Antes criticado, ele virou um xodó da Fiel corintiana depois de comemorar um gol

Colin Kazim-Richards chegou ao Corinthians no início do ano sob suspeita considerável de maior parte da torcida. Muita gente não considerava o atacante nascido na Inglaterra e naturalizado turco, de 31 anos, bom o suficiente para defender o Corinthians.

Durante a fase ruim do time no Campeonato Brasileiro, Kazim substituiu Jô, artilheiro do time, em algumas partidas. E não rendeu. Por isso, quando o camisa 7 foi suspenso e ficou fora contra o Avaí. E Kazim voltou ao time. Mas foi diferente. Foi épico.

Futebol tem dessas. Transformar patinhos feios em xodós. Foi basicamente o que aconteceu com Kazim. Ele marcou o gol da vitória sobre o Avaí que deixou tudo em ceu de brigadeiro para o Corinthians levantar o heptacampeonato brasileiro.

O próprio perfil do Corinthians no Twitter embarcou na onda da torcida, principalmente por conta da comemoração, quando ele foi até a linha de fundo e arrancou a bandeirinha de escanteio.

Um gol que ficou para a História.

#AlaKazim