ESPORTES

Banco rejeita garantias e ameaça maior contratação do Milan na temporada

PTorre
Author
PTorre
Banco rejeita garantias e ameaça maior contratação do Milan na temporada

Comprado por um investidor chinês, o Milan gastou em torno de 200 milhões de euros nessa janela para ressurgir no cenário europeu. De cara, impactou o mercado ao anunciar a apresentação do zagueiro e ídolo da rival Juventus, Bonucci. Mas tanta movimentação de grana parece encontrar os primeiros obstáculos.

Nesta semana surgiu a informação na Itália de que o clube milanês não conseguiu dar as garantias bancárias necessárias ao Banco BMP, um de seus patrocinadores e responsável por avalizar financeiramente as altas transações, como o próprio Bonucci e o volante Lucas Biglia, contratado junto à Lazio. Juntos, ambos custaram 59 milhões de euros (cerca de R$ 218 milhões) à equipe rossonera. Mas, por enquanto, não podem jogar.

Banco rejeita garantias e ameaça maior contratação do Milan na temporada

Os reforços foram apresentados aos torcedores na vitória de 2 a 0 sobre o Craiova, pela fase preliminar da Liga Europa, na quinta-feira. O dono do clube italiano, o chinês Li Yonghong, tentou tranquilizar os torcedores afirmando que o clube apresentaria as garantias e já no próximo jogo do Milan os novos reforços poderiam estrear.

As opções do clube italiano são apresentar garantias em formas de bens ou providenciar outro banco que tope a empreitada.