ESPORTES

Brasileiro leva o cartão mais sem querer do futebol na França

PTorre
Author
PTorre
Brasileiro leva o cartão mais sem querer do futebol na França

Futebol francês atualmente é sinônimo de Neymar, PSG, belas jogadas, dinheiro e tudo mais. Vez em outra, porém, aparecem peculiaridades. O destaque da rodada do último fim de semana esteve longe de ser qualquer briguinha entre menino Ney e Cavani. Quem roubou a cena foi um brasileiro. Pouco conhecido. E por um motivo muito inusitado.

Revelado pelo Santos, o zagueiro Marcelo, de 30 anos, passou por alguns clubes europeus, como PSV, da Holanda, Hannover, da Alemanhã e Besiktas, da Turquia, antes de desembarcar no Lyon para esta temporada. Fora de casa, ele estava com seu time encarando o Angers. Parecia um dia ótimo. O Lyon vencia por 3 a 1, tudo bacaninha, ok, joinha, legal.

Até que Marcelo fez uma falta na entrada da área. E levou cartão amarelo. Normal, né? Acontece que o zagueiro foi lamentar a advertência e abriu os braços. E virou de costas. Quando o árbitro estava com o cartão estirado, Marcelo abaixou os braços sem ver e, sem querer, deu um tapa no cartão, que caiu no chão. Irritado, o árbitro Mikael Lesage expulsou Marcelo de campo por considerar ter sido desrespeitado. Um autoritarismo de uma prima dona.

Os companheiros de Marcelo tentaram argumentar na hora com o juizão sem bom senso. Mas Sua Excelência, irritadíssimo, não aceitou qualquer tipo de argumento e simplesmente pediu para o jogador se retirar de campo. E Marcelo assim o fez, contrariado toda vida. De longe, ainda assistiu ao Lyon ceder o empate em 3 a 3. Que situação bizarra, mes amis...