ESPORTES

Chelsea impôs uma condição para liberar Diego Costa para o Atlético de Madrid

PTorre
Author
PTorre
Chelsea impôs uma condição para liberar Diego Costa para o Atlético de Madrid

(Instagram / Diego Costa)

Diego Costa parecia fadado a sair do Chelsea nesta temporada. Após uma briga com o técnico Antonio Conte no final da campanha que levou o time ao título inglês, o atacante brasileiro naturalizado espanhol recebeu uma mensagem de Conte pelo celular avisando que não contava mais com ele. Com isso, Diego não se reapresentou no início da temporada.

O desejo era um retorno ao Atlético de Madrid, clube pelo qual brilhou na Europa e ganhou destaque mundial. O problema é que o Atleti está penalizado pela Fifa por problemas em transferências de jogadores de base e, por isso, só poderá contratar profissionais em 2018. Diego Costa, na expectativa de disputar sua segunda Copa do Mundo pela Espanha, em 2018, ficou ansioso com a possibilidade de ficar seis meses sem jogar.

Chelsea impôs uma condição para liberar Diego Costa para o Atlético de Madrid

(Twitter / Griezmann)

Ao retornar à Europa após férias em Sergipe, no Brasil, Diego iniciou uma pré-temporada, mas, de cara, recebeu uma pancada: não foi inscrito na Champions League. Apenas no campeonato inglês. O Chelsea faz jogo duro pela liberação do jogador e, de acordo com o tabloide inglês The Sun, impôs uma condição ao Atlético de Madrid para liberá-lo: deseja Griezmann.

O atacante francês é o grande destaque do Atlético de Madrid e um dos melhores jogadores do mundo. Sua multa está avaliada em 100 milhões de euros (R$ 369 milhões). O Chelsea deseja o jogador e incluiria Diego Costa no negócio. O atacante está avaliado em 50 milhões de euros (R$ 184 milhões), metade da multa de Griezmann. A tarefa do Chelsea, no entanto, vai ser dura. Diego não pretende ficar na Inglaterra e Griezmann é ídolo da torcida colchonera e peça fundamental do técnico argentino Diego Simeone.