ESPORTES

Comprar um clube da Premier League pode custar mais de R$ 1 bi

Autor
Comprar um clube da Premier League pode custar mais de R$ 1 bi

Quem aí não gostaria de comprar um clube inglês tradicional e disputar a Premier League, a liga nacional mais importante do mundo, recheada de craques e com cifras milionárias? Yes, you can.

Basta sacar 300 milhões de libras - cerca de R$ 1,3 bilhão - de sua conta e enviar ao atual dono do clube, o inglês Mike Ashley. Foi essa a proposta feita por um fundo de investimento, a PCP Capital Partners, para ficar com o Newcastle. E há duas opções de pagamento. No débito ou no crédito. Brincadeira. Mas é quase isso.

O fundo de investimentos é gerido pela empresária Amanda Staveley. Ela ofereceu pagar toda a quantia no momento na compra ou então dar uma entrada e parcelar o restante. Mike Ashley viu a segunda opção como bons olhos, a fim de possibilitar que os novos donos possam investir em reforços para o clube de forma mais imediata.

A vontade de se desfazer das ações do clube tem um motivo. Em outubro, Ashley colocou o Newcastle à venda depois de receber críticas ferozes de torcedores revoltados com a falta de investimentos. Atualmente, o Newcastle é o 11º colocado na Premier League, com 14 pontos, cinco acima da zona de rebaixamento.