ESPORTES

Desafetos no Vasco, técnico e zagueiro Rodrigo quase promovem 'UFC' no gramado

PTorre
Author
PTorre
Desafetos no Vasco, técnico e zagueiro Rodrigo quase promovem 'UFC' no gramado

Tudo parecia que terminaria bem após o empate sem gols entre Ponte Preta e Vasco, pela última rodada do turno do Campeonato Brasileiro. Mas futebol, vocês sabem, carrega sempre algumas brigas engarrafadas entre desafetos que podem explodir a qualquer momento. Foi o que ocorreu com Rodrigo, zagueiro da Ponte, e Milton Mendes, técnico do Vasco, ao fim do jogo.

Os dois são desafetos conhecidos. Até o início do ano, Rodrigo jogava no Vasco, onde tinha bom status com diretoria e torcida. Após atuações abaixo da crítica, o zagueiro entrou em rota de colisão com a chegada de Milton Mendes. A solução foi a saída de Rodrigo do Vasco, com o qual tinha contrato até o fim de 2019. O zagueiro voltou ao clube no qual começou a carreira, a Ponte Preta, mas não esqueceu o que aconteceu.

Ao fim do jogo, Rodrigo conversou com alguns jogadores do Vasco ao centro do gramado. Milton Mendes se aproximou e houve um desentendimento. Irritado, Rodrigo empurrou por três vezes o treinador vascaíno, de 52 anos. A confusão chamou atenção de quem estava ao redor.

Ao sair do gramado, Milton Mendes foi entrevistado por um canal de televisão e perguntado sobre o porquê da confusão. E deu sua versão.

Depois do jogo, mais calmo, Rodrigo deu a sua versão. Segundo ele todos sabem que os dois não se gostam e houve uma troca de ofensas.

Mas não houve jeito. O jogador vai ser denunciado pelo tribunal desportivo e pode ser punido pela agressão ao técnico vascaíno. O clube carioca, por meio de nota oficial, condenou a atitude do zagueiro. 

Desafetos no Vasco, técnico e zagueiro Rodrigo quase promovem 'UFC' no gramado