ESPORTES

'Fominha', Neymar não agradou na sua volta à Seleção

PTorre
Author
PTorre
'Fominha', Neymar não agradou na sua volta à Seleção

(Crédito: Agif)

Neymar badalou o mundo do futebol com a transferência do Barcelona para o PSG. Contratação mais cara da história, Neymania em Paris, venda farta de camisas, dribles e gols espetaculares nos primeiros jogos. Tudo isso fez sua volta à seleção brasileira ser cercada de muita expectativa. Ele, enfim, voltou. Mas não foi como o imaginado.

Na vitória de 2 a 0 sobre o Equador, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, em Porto Alegre, lá estava o craque com a camisa 10 da Seleção. Mas ele exagerou. Foi extremamente individualista, carregou a bola para todos os cantos e rendeu muito pouco. A turma logo tratou de puxar a corneta para criticar o atacante do PSG.

Ele queria fazer tudo ao mesmo tempo. Calma, rapaz.

Até o mascote canarinho ficou irritado com o camisa 10.

Muitos acharam que o botão de dar o passe estava quebrado no controle de Neymar.

E também ficou bem irritado. Acabou levando seu quinto cartão amarelo em 11 jogos nas Eliminatórias. Lembrou até o velho Neymar da Era Dunga.

O cartão, aliás, é um perigo. Caso leve o sexto amarelo na última rodada das Eliminatórias (faltam três jogos) ele teria de cumprir a suspensão no jogo oficial seguinte. Ou seja, na estreia da Copa da Rússia. Calma, rapaz. O que todos querem é o bom e velho Neymar de volta. Ousadia, alegria e responsabilidade.