Fut-sampa
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fut-sampa
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fut-sampa
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

A visita de um são-paulino ao CT do Palmeiras deu o que falar

PTorre
há um mês160 visualizações
A visita de um são-paulino ao CT do Palmeiras deu o que falar
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(São Paulo / divulgação)

Hernanes voltou ao São Paulo com tudo. É o responsável pelos raros bons momentos do clube no Campeonato Brasileiro. E idolatrado pela torcida. Por isso, uma foto do meia no portão do CT do Palmeiras que circulou nas redes sociais causou polêmica. Os detetivões da internet logo vazaram a imagem.

Os centros de treinamento de São Paulo e Palmeiras são divididos por um muro na capital paulista. E coube a um palmeirense explicar a visita de Hernanes. O volante Jean, amigo do meia desde que ambos eram das categorias de base de São Paulo, disse que o Profeta foi assinar uma camisa que ele, Jean, daria a um amigo. Ficou tudo explicado. Ou quase.

As redes sociais não perdoaram para fazer graça com a visitinha do meia são-paulino ao CT do Palmeiras. Os torcedores do Verdão se fartaram.

Mas os rivais também aproveitaram para contra-atacar na guerra de piadas.

Mas há quem tenha visto o lado bom da visita. Qualidade sempre agrega, né?

Um gol de mão fez Jô virar alvo de todos os lados nas redes sociais

PTorre
há um mês4.7k visualizações
Um gol de mão fez Jô virar alvo de todos os lados nas redes sociais
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Divulgação / Corinthians)

Enquanto na Europa só se fala de Neymar versus Cavani, no Brasil os holofotes estão em cima de Jô, do Corinthians. Ou melhor, na mão de Jô. Foi com ela que o atacante fez o gol da vitória sobre o Vasco, 1 a 0, no fim de semana. E deu o que falar. Primeiro porque o gol foi validado. Depois porque Jô disse que não sabia onde a bola tinha batido mesmo com um lance tão claro.

Foi contraditório. Isso porque no início do ano Jô foi beneficiado por um lance de fair play de Rodrigo Caio, do São Paulo. Em uma dividida de bola com o zagueiro no Campeonato Paulista, Jô levou o amarelo por ter supostamente deixado o pé bater no goleiro. Mas Rodrigo Caio o defendeu. Disse que o pé fora dele.

O cartão amarelo de Jô foi anulado e ele pôde jogar o confronto seguinte da semifinal, quando inclusive fez um gol. Agradecido, o atacante corintiano pediu mais atitudes de honestidade no futebol como fez Rodrigo Caio. Ao não assumir o gol de mão, não foi perdoado nas redes sociais.

Mas houve quem defendeu o indefensável.

E tome trofeu de hipocrisia para o menino Jô.

E as piadinhas surgiram.

Depois da polêmica, a CBF promete colocar o recurso de árbitro de vídeo já na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol