Fut-sampa
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fut-sampa
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fut-sampa
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Os memes para quem riu da desgraça do Palmeiras na Libertadores

PTorre
há 2 meses5.7k visualizações
Os memes para quem riu da desgraça do Palmeiras na Libertadores
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O sonho de conquistar a Libertadores mais uma vez naufragou de maneira sofrida para o Palmeiras no início da quarta-feira. O time até conseguiu devolver a derrota de 1 a 0 para o Barcelona de Guayaquil no jogo de ida, mas acabou eliminado nos pênaltis, dentro de casa. Então os rivais não perdoaram.

Rapidamente todos invadiram as redes sociais para ironizar a eliminação palmeirense em seu principal objetivo na temporada. Foram vários memes para irritar o torcedor palmeirense, que certamente se divertiu com as eliminações anteriores de rivais no ano, como a do Flamengo na própria Libertadores e do Corinthians na Copa do Brasil. Ventou lá e cá.

Para começar a coletânea, uma alusão fofinha, com um porquinho, literalmente, caindo.

Teve mais piada com porco, o símbolo do Verdão. Que maldade.

Cuca foi indicado como o salvador do Palmeiras. De volta ao clube após a demissão de Eduardo Baptista, ele retornou com a famosa calça vinho, símbolo da superstição palmeirense na conquista do Campeonato Brasileiro de 2016. Nem a calça foi poupada.

E o Palmeiras, vejam só, caiu diante de um Barcelona. Não era o famoso, da Espanha, mas o de Guayaquil, no Equador.

Muita gente lembrou também do volante Felipe Melo, afastado por Cuca no Palmeiras. Como será que ele teria reagido à eliminação do técnico e dos companheiros?

Meia do Palmeiras se aposenta de seleção por 'falta de motivação'

PTorre
há 2 meses4.0k visualizações
Meia do Palmeiras se aposenta de seleção por 'falta de motivação'
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Um dos momentos mais difíceis da carreira de um jogador é entender quando é necessário encerrar um ciclo. Ainda mais o momento de parar de vestir as cores de seu país. Foi o que aconteceu com Alejandro Guerra, meia de 32 anos do Palmeiras. Ele anunciou que não irá mais disputar jogos pela Venezuela.

Guerra chegou ao Palmeiras depois de uma temporada no Atlético Nacional de Medellín, da Colômbia. Ele defendia a seleção do país desde 2006. A Venezuela atualmente é a lanterna das Eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2018, na Rússia. Foram dez derrotas em 14 jogos e o time não tem mais chances de classificação.

Por isso, Guerra admitiu falta de motivação para seguir em frente e participar do próximo ciclo em busca da vaga na Copa de 2022, no Qatar, quando já terá 37 anos.

"Eu pensei muito com minha família, meu povo, e o que mais me motivou foi pensar em um bem para a seleção, meu futuro também, porque meu futuro agora não está na seleção, porque eu tenho uma idade em que a motivação de jogar as eliminatórias é de poder chegar a um Mundial e eu já não tenho essa motivação", disse Guerra em um comunicado.

Quem comemorou a notícia foram os torcedores do Palmeiras. A partir de agora o meia não será mais desfalque devido a convocações pela Vinotinto, apelido da seleção venezuelana.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol