Futebol brasileiro
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol brasileiro
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol brasileiro
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Vai e volta: a relação de Paulo Autuori com Atlético-o PR é difícil de explicar

PTorre
há 3 meses741 visualizações
Vai e volta: a relação de Paulo Autuori com Atlético-o PR é difícil de explicar
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A relação de Paulo Autuori com o Atlético-PR parece aquele casa adolescente que você conhece. Vai e volta, vem e vai, sem uma definição. Não é bem resolvido. A prova foi mais um retorno dele ao clube, confirmada nesta terça-feira. Ele havia pedido demissão oito dias antes do cargo de diretor de futebol.

Em março de 2016, Autuori, campeão da Libertadores por São Paulo e Cruzeiro, foi visitar as instalações do clube paranaense em Curitiba. Mas acabou seduzido pelas doces palavras dos dirigentes e aceitou a empreitada para ser técnico, algo que já não planejava mais.

Ele continuou durante todo 2016 e começou a temporada de 2017, classificando o time para as oitavas de final da Libertadores. Em maio, no entanto, ele passou a ser gestor de futebol do clube e deixou a vaga de técnico para Eduardo Baptista. Até o início de julho.

Devido aos maus resultados, Baptista acabou demitido pela diretoria do Atlético-PR, contrariando Paulo Autuori. Assim, ele pediu o boné. Foi-se. Era isso. Tinha acabado. Deu boa sorte. Não tinha mais o que dizer. Praticamente uma letra de música de Vanessa da Mata. Mas como aquele casal que se ama...pareceu apenas charme. Rapidinho, Autuori anunciou que estava de volta. Dá quase para fazer um poeminha.

O pessoal levou bem a sério essa história de casal que em DR e reproduziu um diálogo do clube.

Enfim, tem torcedor que gostou e abriu os braços novamente. Que seja eterno enquanto dure.

Um erro de arbitragem a favor do Inter chacoalhou a internet

PTorre
há 3 meses413 visualizações
Um erro de arbitragem a favor do Inter chacoalhou a internet
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Um erro crasso da arbitragem a favor do Internacional, em partida da Série B, chacoalhou o mundo real e também o virtual na noite de terça-feira. O Colorado venceu com um gol de William Pottker aos 47 minutos do segundo tempo. O bandeirinha indicou impedimento no início da jogada, os jogadores do Luverdense abandonaram o lance. O árbitro mandou seguir e o gol, sem goleiro ou adversários, foi convertido.

Claro que a internet explodiu. A maioria em revolta com um lance tão bizarro marcado a favor do Internacional. Muitos classificaram a validação do gol de Pottker e a consequente vitória do Inter como uma vergonha daquelas para o velho esporte bretão.

Os torcedores do Internacional, claro, foram para a trincheira virtual na tentativa de defender o clube. Argumentaram que o lance foi legal, mesmo com TODOS os jogadores Luverdense paralisados depois da marcação assinalada do impedimento.

A questão é sobre a participação de William Pottker no primeiro lance, quando a bola passa por ele. Se o árbitro interpretasse que o atacante participou da jogada - como de fato ocorreu - o gol deveria ser anulado, apesar da atuação desastrosa do bandeira. Mas o juizão entendeu que Pottker não participou da jogada. Diante da imagem do lance, claro, não convenceu muita gente com essa decisão no mínimo polêmica.

Jogador do Luverdense, o atacante Douglas Baggio ficou completamente transtornado com o erro contra a sua equipe. E desabafou sério.

No fim, um resumo da confusão que aconteceu no Beira-Rio diante dos olhos do Brasil inteiro.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol