Futebol carioca
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol carioca
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol carioca
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

O minuto de silêncio do Maracanã pelo filho de Abel foi de arrepiar

PTorre
há 2 meses1.9k visualizações
O minuto de silêncio do Maracanã pelo filho de Abel foi de arrepiar
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O drama do técnico Abel Braga, ao perder o filho João Pedro, de 18 anos, após uma queda do apartamento da família, comoveu o Brasil. O técnico do Fluminense mostrou força e voltou a trabalhar dois dias depois da tragédia e não cansou de receber carinho até dos rivais, como ocorreu contra o Sport. Neste sábado, no entanto, o técnico reencontrou a torcida tricolor. E foi de dar um nó na garganta.

A torcida, em maior parte, vestiu branco para homenagear Abel pela força com que encara a situação. Antes do jogo com o Atlético-GO, após ser chamado de "Abelão guerreiro!" pela arquibancada, o Maracanã inteiro respeitou um minuto de silêncio em memória de João Pedro. O momento foi impactante demais, com o técnico chorando compulsivamente à beira do gramado.

A homenagem é comum no futebol em casos de morte, mas geralmente nem sempre é integralmente respeitada. Desta vez, no entanto, o silêncio foi tão absoluto que as pessoas ficaram comovidas e impressionadas.

Logo após o fim do minuto de silêncio, bolas brancas e cantoria para o técnico na arquibancada. Abel ficou claramente emocionado e foi só reverência aos seus torcedores.

O minuto de silêncio do Maracanã pelo filho de Abel foi de arrepiar

Na entrevista coletiva ao fim do jogo, vencido pelo Fluminense por 3 a 1, Abel apareceu com uma camisa com o rosto do filho estampado. E ganhou uma salva de palmas dos jornalistas presentes no local.

O minuto de silêncio do Maracanã pelo filho de Abel foi de arrepiar

#ForçaAbel

As primeiras palavras de Abel após voltar ao futebol são uma lição de vida

PTorre
há 3 meses4.3k visualizações
As primeiras palavras de Abel após voltar ao futebol são uma lição de vida
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Foram quase quatro dias entre a dor de perder um filho e o retorno a um jogo no comando do Fluminense. Mas Abel Braga foi reverenciado. Abraçado. Recebeu carinho. Na noite desta quarta-feira, o técnico foi até a Ilha do Retiro para o jogo entre Sport e Fluminense. Antes do jogo, ele acabou aplaudido e teve o nome gritado pelos torcedores rivais.

E se emocionou.

Na partida, o Fluminense fez 2 a 0 em apenas 13 minutos. A cada comemoração, os jogadores tricolores disparavam para o banco de reservas apontando para o treinador.

No fim, o jogo terminou empatado em 2 a 2, mas o resultado importou muito pouco. A onda de solidariedade em torno de Abel ficou ainda maior. E o técnico, em sua primeira entrevista após perder o filho João Pedro, de 19 anos, em uma queda de seu apartamento, deu uma lição de vida com as palavras.

O maior impacto, mesmo, veio com a frase: "Eu perdi para a morte, mas não vou perder para a vida".

#ForçaAbel

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol