Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

A sinceridade do técnico da Alemanha ao condenar neonazistas foi impressionante

PTorre
bir ay önce34.5k görüntüleme
A sinceridade do técnico da Alemanha ao condenar neonazistas foi impressionante
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

(Twitter/DFB Team)

Em um mundo com relações cada vez mais acirradas e tensões em último nível, o futebol não escapa das polêmicas. Na última sexta-feira, a Alemanha encarou e venceu a República Tcheca fora de casa, em Praga, pelas Eliminatórias europeias. O placar de 2 a 1 deixou os atuais campeões mundiais muito próximos da vaga para a Copa de 2018. Mas o técnico Joachim Löw estava extremamente irritado.

O motivo foi a lamentável postura dos torcedores alemães presentes em Praga. Além de vaiarem o minuto de silêncio antes do jogo, eles entoaram cânticos nazistas durante o hino da República Tcheca. Löw não se conteve e desabafou após o jogo.

"Não estou chateado, estou com raiva. Estou farto desse tipo de gente que se diz fã e utiliza o futebol para envergonhar todo um país com um comportamento lamentável", disse o técnico alemão.

A sinceridade do técnico da Alemanha ao condenar neonazistas foi impressionante

(Twitter / DFB Team)

A República Tcheca, em especial a capital Praga, foi uma região que sofreu com a violenta ocupação nazista, principalmente no fim da década de 30. Ao fim da partida, os jogadores da seleção não foram até a área da torcida para cumprimentar os espectadores, como é hábito. Também irritado, o zagueiro Hummels chamou os espectadores de "hooligans". 

A "Ótima Geração Belga" foi o primeiro país europeu a se classificar para a Copa

PTorre
bir ay önce12.1k görüntüleme
A "Ótima Geração Belga" foi o primeiro país europeu a se classificar para a Copa
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

(Twitter / Mousa Dembélé)

Durante a trajetória para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, a Bélgica apresentou um futebol tão vistoso que virou bordão. Ouvir e ler "a Ótima Geração Belga" ao falar do time virou lugar comum. Tanto por fãs, como por ácidos críticos. Um lado utilizava para elogiar talentos como Hazard, Courtois, Lukaku, Witsel e companhia. O outro apenas para debochar pelo fato de o time não conquistar nada. Quase quatro anos depois, a Ótima Geração Belga fez bonito de novo.

A seleção foi o primeiro país europeu a se classificar no campo para a Copa de 2018. A Rússia, europeia, está classificada desde que foi anunciada como anfitriã do torneio. A vaga da Bélgica chegou após uma vitória de 2 a 1 sobre a Grécia, fora de casa. O time alcançou os 22 pontos no Grupo H e não pode mais ser alcançada por Bósnia e Grécia, com 14 e 13 pontos respectivamente.

Em 2014, a Bélgica acabou eliminada nas quartas de final para a Argentina. Agora que está classificada para 2018, já vale até enquete zombeteira.

O pessoal, no entanto, insiste em cutucá-la.

Mas ainda assim estão todos de olho.

Não falem mal delas, detratores!

Além da ótima geração belga, Rússia, Brasil, Japão, Irá e México são as seleções já classificadas para a Copa de 2018. 

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol