Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Alan Ruschel marcou o seu primeiro gol depois do acidente e foi emocionante

PTorre
há 2 meses7.5k visualizações
Alan Ruschel marcou o seu primeiro gol depois do acidente e foi emocionante
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Twitter Roma)

Alan Ruschel é praticamente um milagre a olhos vistos. O lateral-esquerdo foi um dos três jogadores sobreviventes da queda de avião que matou quase todo o elenco da Chapecoense em novembro de 2016, em Medellín, na Colômbia. De lá para cá, o jogador só dá provas de quão abençoado é. E inspira. Depois de voltar ao futebol no amistoso contra o Barcelona, em agosto, mais um passo na recuperação definitiva.

Alan Ruschel marcou o seu primeiro gol depois do acidente e foi emocionante

(Facebook Chapecoense)

Também como parte das homenagens que recebe pelo mundo, a Chapecoense foi até a Itália disputar um amistoso com a Roma. Claro, todos os sobreviventes viajaram junto com a delegação. Antes, o goleiro Follmann, que teve a perna direita amputada devido ao acidente, Alan Ruschel, Neto, outro sobrevivente, e os companheiros visitaram o Vaticano para receber um bênção especial do Papa Francisco.

Alan Ruschel marcou o seu primeiro gol depois do acidente e foi emocionante

(Twitter Roma)

No dia seguinte, a bola rolou no Estádio Olímpico de Roma para o amistoso. As equipes posaram juntas antes de a bola rolar, o ídolo recém-aposentado e agora dirigente da Roma, Totti, ganhou uma camisa personalizada da Chapecoense. E as emoções não pararam. A Roma jogou fácil, abriu 4 a 0 no placar, mas o mais importante viria logo em seguida. Em umn pênalti para a Chapecoense, Alan Ruschel marcou seu primeiro gol após a queda do avião. Muito simbólico. E emocionante.

Muita gente ficou impactada com o feito do lateral.

Sob aplausos no Estádio Olímpico, Alan Ruschel deixou o campo emocionado no fim do jogo.

O zagueiro Neto ainda não tem previsão de retorno aos gramados. Alan Ruschel, por sua vez, deve disputar o Campeonato Brasileiro a partir da próxima semana sem maiores problemas. Dez meses depois. Sim, praticamente um milagre. 

As dez contratações mais caras da janela europeia

PTorre
há 2 meses10.6k visualizações

A janela de transferências da Europa chegou ao fim às 19h de Brasília nesta sexta-feira. Milhões passaram pelas contas de vários clubes, astros trocaram de lugar e houve muito assombro com os valores. Principalmente com a saída de Neymar do Barcelona para o PSG. Confira abaixo.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
As dez contratações mais caras da janela europeia

(Twitter PSG)

1 - Neymar

Sim, obviamente, claro. Não havia como. A transação mais badalada da janela é a mais cara. Neymar saiu do Barcelona para o PSG coberto de holofotes e com um negócio que envolveu muito, mas muito dinheiro. 222 milhões de euros (R$ 827 milhões). Não assumiu apenas o posto de transferência mais cara desta janela, mas de toda a História do futebol.

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Twitter PSG)

2 - Mbappé

A sede do PSG nesta janela não tinha mesmo limite. Depois de arrematar Neymar, no apagar das luzes da janela o clube francês fechou negócio com o jovem talento Mbappé, do Monaco. Deu um jeitinho para escapar do fair play financeiro da Uefa, garantindo o primeiro ano por empréstimo. Mas os 180 milhões de euros (R$ 670 milhões) acordados não deixam dúvida: foi a segunda maior transação da História e da janela.

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Twitter Barcelona)

3 - Dembelé

O Barcelona tinha de dar resposta aos seus torcedores, que pediam insistentemente a contratação de um reforço de bom nível. Namorou com Philippe Coutinho, do Liverpool, arriscou Di María, do PSG, mas fechou com o francês Dembelé, do Borussia Dortmund, da Alemanha, por 105 milhões de euros (R$ 391 milhões). Empatou com Pogba, da Juventus para o Manchester United em 2016, como o terceiro maior negócio da História. E desta janela.

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Twitter Manchester United)

4 - Lukaku

O atacante belga chegou chegando no Manchester United. Ocupou a vaga de Ibrahimovic, lesionado, no ataque do time de José Mourinho e vem rendendo bem. Para deixar o Everton, o atacante custou 84,5 milhões de euros aos cofres do United. Nada menos do que R$ 314 milhões. Orçamento de um grande clube brasileiro.

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Twitter Chelsea)

5 - Morata

O atacante espanhol ficaria sem espaço no Real Madrid, clube pelo qual foi revelado e acabou no banco de reservas depois de deixar a Juventus no início da última temporada. Como Diego Costa entrou em litígio com o técnico Antonio Conte, a vaga de atacante foi aberta no Chelsea. E os londrinos desembolsaram 65 milhões de euros (R$ 242 milhões) para tê-lo com a camisa 9.

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Manchester City)

6 - Mendy

Lateral-esquerdo da seleção francesa, Mendy teve grande destaque no Monaco semifinalista da Champions League na última temporada. Custou 57,5 milhões de euros (R$ 214 milhões) e acabou como o defensor mais caro da História do futebol ao desembarcar no Manchester City de Pep Guardiola.

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Twitter Arsenal)

7 - Lacazette

O Arsenal geralmente é muito contido em contratações, poupa despesas, mas precisava muito de um atacante. Então bateu na porta do Lyon para contratar Lacazette. Não foi barato: 53 milhões de euros (R$ 197 milhões).

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Divulgação Manchester City)

8 - Walker

Guardiola terminou a última temporada no Manchester City irritado com seus laterais. Dispensou alguns, avisou que usaria pouco outros e foi ao mercado. Chegou no Tottenham e levou o lateral-direito da seleção inglesa Kyle Walker por 51 milhões de euros (R$ 190 milhões). Foi o defensor mais caro da História até Mendy, do Monaco, ser contratado pelo....próprio Manchester City.

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Divulgação Manchester City)

9 - Bernardo Silva

O Manchester City deu um pontapé inicial na temporada tirando o promissor meia português de 23 anos do Monaco. O jogador fez boa campanha, alcançando a semifinal da Champions League e custou 50 milhões de euros (R$ 186 milhões).

As dez contratações mais caras da janela europeia

(Divulgação Everton)

10 - Sigurdsson

A contratação do meia islandês que estava no Swansea causou algum espanto no futebol inglês. Não pela qualidade do jogador, mas pelo alto investimento do Everton em um atleta de 27 anos. Pagou 49,4 milhões de euros (R$ 184 milhões). 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol