Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Com tradução de Thiago Silva, Neymar fez mea culpa no PSG

PTorre
há um mês5.0k visualizações
Com tradução de Thiago Silva, Neymar fez mea culpa no PSG
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Twitter / PSG)

A imprensa europeia passou a semana discutindo a desavença entre Neymar e Cavani. Desavença não. Briga mesmo. Os dois quase saíram no tapa no vestiário após a discórdia sobre o pênalti em campo, contra o Lyon. Os brasileiros Marquinhos e Thiago Silva tiveram de agir para apartar os dois desafetos.

Mas Thiago Silva teve de agir de novo. Desta vez como tradutor da paz. De acordo com o jornal francês L'Equipe, o Neymar reuniu todos os atletas no vestiário do PSG e pediu desculpas a Cavani por sua atitude. Como acabou de chegar em Paris e ainda não domina o francês, o atacante pediu ajuda a Thiago Silva para se explicar.

Ao que consta, uma bandeira da paz foi estendida no PSG e os dois medalhões prometem se entender na questão sobre o cobrador oficial de pênaltis. A primeira prova, no entanto, vai ficar para depois. O clube anunciou que Neymar não vai enfrentar o Montpellier neste sábado, pelo Campeonato Francês. Provavelmente pra enfrentar o Bayern de Munique, quarta, pela Liga dos Campeões.

Com tradução de Thiago Silva, Neymar fez mea culpa no PSG

Com o clima de paz no vestiário do PSG, Neymar divulgou até uma foto da comemoração do aniversário de Thiago Silva. Um agradecimento ao seu tradutor...

Uma punição a Rooney vai render mais de R$ 1 mi a instituições de caridade

PTorre
há um mês40.9k visualizações
Uma punição a Rooney vai render mais de R$ 1 mi a instituições de caridade
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Twitter / Everton)

Wayne Rooney voltou para casa depois de mais de uma década no Manchester United. Com a camisa do Everton, clube pelo qual foi revelado, ele é feliz. Sorri. E marca gols. Mas continua fazendo um bocado de besteiras. A principal delas é dirigir sob efeitos de álcool.

No dia primeiro de setembro, o jogador foi flagrado pela polícia inglesa dirigindo alcoolizado por Liverpool, cidade onde mora. A punição foi séria: dois anos sem poder dirigir e 100 horas de serviços comunitários. Financeiramente, não houve problemas com as autoridades inglesas: 170 libras (em torno de R$ 720). Mas o Everton não deu perdão.

Embora Rooney continue atuando sem maiores problemas com a camisa 10 do clube, ele foi multado em duas semanas de salário, o equivalente em a 300 mil libras (cerca de R$ 1,2 milhão). Quem vai sorrir com a situação são instituições de caridade de Liverpool. De acordo com a BBC, a ideia do Everton é doar o valor da multa para estas organizações.

Rooney sentiu o baque e rapidamente divulgou um comunicado oficial de desculpas sobre o incidente. Nele, o atacante de 32 anos diz que "foi completamente errado" e aceita a sentença do tribunal, esperando contribuir com o serviço comunitário que irá prestar. Quem sabe assim o atacante reflita. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol