Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Ele treinou a Argentina, foi demitido e está na Copa antes dos hermanos

PTorre
há um mês24.0k visualizações
Ele treinou a Argentina, foi demitido e está na Copa antes dos hermanos
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Twitter / Federação de Futebol da Arábia Saudita)

Edgardo Bauza tem um currículo bem interessante como técnico. Campeão da Libertadores por duas vezes no passado, recente, com a equatoriana LDU, em 2008, e com o argentino San Lorenzo, em 2014, ele ganhou fama e chegou ao futebol brasileiro para comandar o São Paulo. Com a crise da seleção argentina, Tata Martino foi demitido e Bauza convidado.

Com a irresistível proposta de comandar Messi e companhia na seleção de seu país, Bauza abandonou o Tricolor Paulista em 2016 e embarcou na aventura. Que durou sete jogos. Com péssimos resultados e a classificação para a Copa da Rússia ameaçada, ele acabou demitido e substituído por Jorge Sampaoli. Parecia o fim do sonho de Bauza para estar na Rússia. Mas o mundo gira...

Ele treinou a Argentina, foi demitido e está na Copa antes dos hermanos

(Twitter da Federação de Futebol da Arábia Saudita)

Cinco meses depois de deixar a seleção de seu país, Bauza está confirmado na Copa de 2018 antes mesmo da Argentina. Enquanto a seleção de Sampaoli está em quinto lugar nas Eliminatórias sul-americanas, o técnico foi anunciado no comando da Arábia Saudita, já classificada para o Mundial. Detalhe: antes disso, o técnico passou pelos Emirados Árabes Unidos como uma última tentativa de se classificar para o Mundial, o que não foi alcançado em quatro jogos.

Bauza, apelidado de Patón, tem dotes a mais fora de campo, ao que parece...

Taí o comunicado da contratação dele. É real.

Um time português criou uma tática revolucionária para não ser atacado

PTorre
há um mês49.0k visualizações
Um time português criou uma tática revolucionária para não ser atacado
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Twitter / Vitória de Guimarães)

Clube de porte médio em Portugal, o Vitória de Guimarães estreou na primeira fase da Liga Europa em casa, quando recebeu o Red Bull Salzburg, da Áustria. O jogo corria normalmente no estádio dom Afonso Henriques quando, de repente, uma tática revolucionária para impedir o avanço do rival foi criada espontaneamente pelos portugueses.

Durante um ataque do Red Bull, o sistema de irrigação do campo do estádio Dom Afonso Henriques simplesmente foi acionado por acidente. E o jogo teve de ser interrompido. A cena foi hilária.

O time português até fez 1 a 0, mas cedeu o empate ainda no primeiro tempo. A partida terminou empatada em 1 a 1. Mas o sistema de irrigação ligado acidentalmente não foi o único destaque do jogo. De quebra, o Vitória de Guimarães ainda se tornou o primeiro clube europeu a disputar uma competição internacional na Europa sem....um jogador europeu. Confuso? Mas é isso mesmo.

Um time português criou uma tática revolucionária para não ser atacado

(Twitter / Vitória de Guimarães)

Nenhum dos 11 jogadores que começaram o jogo pelo Vitória de Guimarães tinha nascido na Europa. O time teve quatro brasileiros, dois colombianos, um uruguaio, um venezuelano, um marfinense e um ganense. penas no segundo tempo, com a entrada de Kiko, um português, o Vitória teve um representante do Velho Continente de seu lado. História feita...

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol