Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Só se falou sobre altitude no jogo do Brasil contra a Bolívia

PTorre
há 17 dias7.0k visualizações
Só se falou sobre altitude no jogo do Brasil contra a Bolívia
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Twitter / CBF)

Há anos a seleção brasileira joga nos 3.640 metros acima do nível do mar quando tem de enfrentar a Bolívia em La Paz. Foi lá, inclusive, que o Brasil sofreu sua primeira derrota nas eliminatórias sul-americanas, em 1993, por 2 a 0. E a última vez que venceu foi em 1997, na final da Copa América contra a própria Bolívia, com um time que tinha Romário e Ronaldo no ataque.

A cada jogo contra a Bolívia fora de casa, só se fala da altitude de La Paz, como se fosse a maior de todas as novidades. Parece um mantra. Altitude de La Paz. Repita comigo. Altitude de La Paz. De novo. Altitude de La Paz. Pois é. Cansa. E funciona para a Bolívia.

Penúltima colocada nas eliminatórias e sem chances de ir à Copa do Mundo, a Bolívia conseguiu resistir ao líder Brasil e empatou o jogo sem gols. Todos apontam que o motivo para isso foi qual? Isso. A altitude de La Paz. Até a CBF divulgou fotos dos jogadores com cilindros de oxigênio no vestiário após o jogo.

Na altitude, o ar rarefeito torna a respiração mas difícil e, por isso, os jogadores têm menos fôlego para conseguir dar piques e correr frequentemente durante todo o jogo. A comissão técnica da seleção brasileira decidiu usar a tática de chegar horas antes do jogo ao estádio para diminuir os efeitos dela. A altitude La Paz.

Sério. A "altitude de La Paz" era quase citação obrigatória ao falar sobre o jogo.

Mesmo que fosse para fazer piadinhas.

Ao fim do jogo, Neymar reclamou das condições ruins. Do jogo, da bola e....isso, altitude de La Paz.

A culpa foi toda dela. A altitude de La Paz. 

Alemão diz que daria todo seu dinheiro em troca de uma carreira sem lesões

PTorre
há 17 dias6.3k visualizações
Alemão diz que daria todo seu dinheiro em troca de uma carreira sem lesões
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

(Twitter / Borussia Dortmund)

Marco Reus sempre foi um jogador de grande destaque no futebol alemão. Habilidoso e muito técnico ao atuar pelo lado esquerdo do campo, o atleta do Borussia Dortmund parecia que seria alvo fácil de grandes clubes europeus. Até que as lesões apareceram em seu caminho.

Primeiro, o jogador, atualmente com 28 anos, ficou fora da lista de convocados da Alemanha campeã mundial do Brasil em 2014 devido a uma lesão no tornozelo esquerdo. Um golpe duro perder a chance de ser campeão de uma Copa uma semana antes do embarque para o Brasil. O meia-atacante, então, trabalhou para se recuperar e estava afiado para disputar a Eurocopa de 2016. Até que...uma lesão apareceu no caminho e ele foi novamente cortado.

Na última temporada europeia, o jogador tentou de novo ficar em ação. Até que na final da Copa da Alemanha, em maio, ele levou uma entrada forte na decisão da taça contra o Eintracht Frankfurt. Deixou o campo por ter rompido parcialmente o ligamento cruzado do joelho direito. Teve de ser submetido a uma cirurgia e ainda não tem prazo para voltar. Por isso, em uma entrevista à revista QG, o jogador desabafou:

"Grandes jogadores ganham muito dinheiro e sou muito realista quanto a isso, mas neste momento isso não interessa para nada. Posso garantir que abdicava de todo o dinheiro que tenho para não ter mais lesões e voltar a apresentar meu melhor futebol"

Para sorte dos torcedores do Borussia Dortmund, o time não tem sentido tanta falta assim do camisa 11. Atualmente a equipe lidera o Campeonato Alemão, com 19 pontos em sete rodadas, cinco acima do segundo colocado, o Bayern de Munique.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol