Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Totti volta à Roma: lembre outros craques que esticaram o prazo no futebol

PTorre
há 3 meses1.2k visualizações
Totti volta à Roma: lembre outros craques que esticaram o prazo no futebol
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A distância entre Francesco Totti e a Roma durou apenas as férias da temporada europeia. Após se aposentar dos gramados, o ídolo voltou ao clube italiano para assumir outra função: diretor técnico.

Aos 40 anos, Totti se despediu dos gramados no fim da última temporada europeia, em bonita festa no Estádio Olímpico de Roma. Estender a carreira no futebol é algo comum para grandes craques. Relembre alguns deles.

1 - Zidane

Totti volta à Roma: lembre outros craques que esticaram o prazo no futebol

Campeão do mundo, eleito melhor jogador de uma Copa e maior jogador do futebol francês, Zinedine Zidane decidiu permanecer no meio após a aposentadoria ao fim do Mundial de 2006. Após alguns anos de descanso, ele retornou para ser treinador. Iniciou no Real Madrid B e, há dois anos, subiu ao time profissional. E continuou craque: já são duas Champions League como técnico. Nada mal.

2 - Franz Beckenbauer

Totti volta à Roma: lembre outros craques que esticaram o prazo no futebol

Clássico jogador alemão, Beckenbauer foi campeão mundial como jogador na Copa de 1974, disputada na própria Alemanha. 16 anos depois, na Copa de 1990, ele se juntou a Zagallo no seleto grupo de profissionais campeões do mundo como jogadores e técnicos. Ele comandava a Alemanha de Lohar Matthaüs. Em 2006, ainda fez parte do comitê organizador da Copa disputada na Alemanha. Imparável.

3 - Taffarel

Totti volta à Roma: lembre outros craques que esticaram o prazo no futebol

Falou em goleiro brasileiro, lembrou de Taffarel. Após defender o Brasil em três Copas do Mundo seguidas - 1990, 1994 e 1998 - ele se aposentou em 2003, pelo Parma, da Itália. Após a Copa de 2014, ele passou a integrar a comissão técnica da Seleção Brasileira, agora como preparador de goleiros.

4 - Leonardo

Totti volta à Roma: lembre outros craques que esticaram o prazo no futebol

Campeão mundial de clubes pelo São Paulo no anos 90 e campeão da Copa do Mundo pelo Brasil em 1994, o ex-lateral-esquerdo Leonardo fez de tudo um pouco fora de campo. Primeiro, foi diretor do Milan, clube no qual se aposentou, em 2003. Depois, foi técnico do próprio clube. Em seguida, treinou também o rival da cidade italiana, a Internazionale. Mais uns anos depois acabou como diretor do Paris Saint-Germain, na França, onde ficou até meados de 2013.

5 - Carlo Ancelotti

Totti volta à Roma: lembre outros craques que esticaram o prazo no futebol

Atualmente técnico do Bayern de Munique, da Alemanha, Ancelotti, de 58 anos, foi integrante, como jogador, do famoso Milan da dupla Van Basten e Gullitt nos anos 80. Também disputou as Copas do Mundo de 1986 e 1990. Aposentado, iniciou a carreira de técnico e fez retumbante sucesso: conquistou a Champions League três vezes, duas pelo Milan e uma pelo Real Madrid, além de títulos nacionais na Itália, França, Espanha, Inglaterra e Alemanha. 

Italiano se aposenta por quatro horas, desiste e volta a cumprir contrato

PTorre
há 3 meses1.5k visualizações
Italiano se aposenta por quatro horas, desiste e volta a cumprir contrato
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Antonio Cassano sempre teve um dom para a polêmica. Sincero, o atacante italiano nunca foi de poupar a língua em passagens por Milan, Inter de Milão, Real Madrid e seleção italiana. Mas desta vez ele provavelmente bateu o recorde de aposentaria mais rápida doa história do futebol.

Aos 35 anos, ele acertou contrato de uma temporada com o Hellas Verona e foi anunciado no dia 10 de julho. Na manhã desta terça-feira, oito dias depois, ele informou que pretendia desistir do futebol e se aposentaria. Bem rápido. 

O motivo? Saudades da família, que vive em Bari, a 3h30 de distância de Verona. Mas durou pouco. Ao chegar para a coletiva de imprensa, Cassano disse que tinha sido convencido a ficar por dirigentes e pela própria família a continuar jogando e cumprir o acordo firmado com o Hellas Verona. A aposentadoria durou apenas QUATRO HORAS.

Todos acompanharam em tempo real a aposentadoria relâmpago de Cassano.

Italiano se aposenta por quatro horas, desiste e volta a cumprir contrato

Apesar de polêmico, o italiano enfrentou um problema grave de saúde há seis anos. Ainda no Milan, ele se sentiu mal em uma viagem de avião e foi constatado que sofrera um acidente vascular cerebral (AVC). Cassano acabou submetido a uma cirurgia cardíaca para se recuperar definitivamente do problema. Seis meses depois, já estava em campo pela Itália, na Eurocopa de 2012. Sem sequelas, claro. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol