Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Futebol internacional
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

Uma narração do gol que levou a Costa Rica à Copa vai te arrepiar

PTorre
10 gün önce3.5k görüntüleme
Uma narração do gol que levou a Costa Rica à Copa vai te arrepiar
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Sensação da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, a Costa Rica estava pertinho de chegar ao seu segundo Mundial seguido, na Rússia, em 2018. Bastava um empate com Honduras nas eliminatórias da Concacaf. Mas o time perdia por 1 a 0, levando a decisão para a última rodada. Até os 49 minutos do segundo tempo. Bryan Ruiz cruzou da direita e o zagueiro Waston tocou de cabeça para o fundo da rede, tocando a alma da arquibancada.

O empate em 1 a 1 segurou Honduras e garantiu a Costa Rica em segundo lugar, sem chances de perder a vaga direta. O que mais chamou a atenção foi a narração da Teletica deportes, rede de tv local. O narrador Kristian Mora ficou completamente ensandecido e só conseguia berrar "O Mundial, o Mundial, o Mundial!".

De arrepiar. Mas não ficou só por aí. Estava todo mundo completamente absorvido pelos momentos de emoção da classificação da Costa Rica para mais uma Copa do Mundo. Autor do gol, o zagueiro Waston mostrou o quão elétrico estava ao fim do jogo, ao ser entrevistado.

Demais, né? Mas rolou entrevista, sim. Confira o trecho todo.

Em 2014, a Costa Rica foi a seleção que menos sofreu gols no Brasil, apenas dois, e nenhuma derrota durante os 90 minutos. E chegou às quartas de final, quando só foi derrotada pela Holanda nos pênaltis. Resta apenas uma vaga direta nas eliminatórias da Concacaf e os Estados Unidos são favoritos absolutos para levá-la. Panamá e Honduras disputam a quarta vaga, que leva a uma repescagem.

Ele deixou a aposentadoria para salvar o Bayern

PTorre
11 gün önce3.1k görüntüleme
Ele deixou a aposentadoria para salvar o Bayern
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

(Twitter / Bayern)

Acostumado a reinar no futebol alemão, o Bayern de Munique tem encontrado dificuldades nesta temporada. O clube entrou em uma crise após vacilar na Bundesliga e ficar cinco pontos atrás do Borussia Dortmund, o líder, na tabela. Situação complicada para quem nadou de braçada nas últimas temporadas. Mas a cereja do bolo, mesmo, foi o atropelo que levou do PSG, em Paris, pela Champions League. Inapelável 3 a 0 que deixou consequências.

A crise que estava só no vestiário entre os jogadores e o técnico italiano Carlo Ancelotti ganhou ares públicos. A direção do Bayern, então, resolveu agir com menos de dois meses de temporada. Demitiu o italiano, mal visto por algumas estrelas do time. Mas quem apaziguaria a casa, deixaria tudo suave na nave e corrigia os rumos da equipe na temporada? Um velho conhecido.

Jupp Heynckes, de 72 anos, se aposentou após deixar o Bayern ao fim da temporada 2012/2013, quando conquistou a Tríplice Coroa (Campeonato nacional, copa nacional e a Champions League). Foi substituído por Guardiola, que manteve a hegemonia em nível regional, embora não tenha vencido nenhuma Champions. A tarefa era convencer o técnico aposentado, adorado pelos atletas, a voltar à ativa. Dito e feito.

Heynckes aceitou interromper a aposentadoria por um ano para colocar o Bayern de novo nos trilhos. Será a quarta vez que ele vai assumir o time na carreira. O contrato é válido até o fim da temporada, em meados de 2018. 

"Eu não teria retornado para qualquer outra equipe no mundo, mas o Bayern de Munique é um assunto que mexe com meu coração", disse Heynckes.

E ele já ganhou o carinho de atletas em rede social, celebrando seu retorno. Foi o caso do lateral Alaba.

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
pedrot
Jornalista, curioso e apaixonado por futebol