ESPORTES

Italiano se aposenta por quatro horas, desiste e volta a cumprir contrato

PTorre
Author
PTorre
Italiano se aposenta por quatro horas, desiste e volta a cumprir contrato

Antonio Cassano sempre teve um dom para a polêmica. Sincero, o atacante italiano nunca foi de poupar a língua em passagens por Milan, Inter de Milão, Real Madrid e seleção italiana. Mas desta vez ele provavelmente bateu o recorde de aposentaria mais rápida doa história do futebol.

Aos 35 anos, ele acertou contrato de uma temporada com o Hellas Verona e foi anunciado no dia 10 de julho. Na manhã desta terça-feira, oito dias depois, ele informou que pretendia desistir do futebol e se aposentaria. Bem rápido. 

O motivo? Saudades da família, que vive em Bari, a 3h30 de distância de Verona. Mas durou pouco. Ao chegar para a coletiva de imprensa, Cassano disse que tinha sido convencido a ficar por dirigentes e pela própria família a continuar jogando e cumprir o acordo firmado com o Hellas Verona. A aposentadoria durou apenas QUATRO HORAS.

Todos acompanharam em tempo real a aposentadoria relâmpago de Cassano.

Italiano se aposenta por quatro horas, desiste e volta a cumprir contrato

Apesar de polêmico, o italiano enfrentou um problema grave de saúde há seis anos. Ainda no Milan, ele se sentiu mal em uma viagem de avião e foi constatado que sofrera um acidente vascular cerebral (AVC). Cassano acabou submetido a uma cirurgia cardíaca para se recuperar definitivamente do problema. Seis meses depois, já estava em campo pela Itália, na Eurocopa de 2012. Sem sequelas, claro.