ESPORTES

Juninho Pernambucano x Bolsonaro: o Twitter ferveu com a polêmica

PTorre
Author
PTorre
Juninho Pernambucano x Bolsonaro: o Twitter ferveu com a polêmica

(Agif)

Juninho Pernambucano deixou os gramados há dois anos e atualmente trabalha como comentarista da TV Globo. E costuma utilizar bastante as redes sociais para expor suas opiniões sobre futebol, política e até jornalismo. E acabou se envolvendo numa polêmica nesta terça-feira ao provocar a ira da tropa virtual do deputado federal Jair Bolsonaro.

Tudo começou no fim de setembro, quando o Reizinho, apelido que ganhou dos torcedores do Vasco, pareceu ter se irritados com os chamados haters, seguidores que demonstram ódio em redes sociais. E a tuitada foi feroz.

Rapidamente ele começou a receber xingamentos de fãs de Bolsonaro. E retuitou uma mensagem que indicava que o recado anterior tinha destino.

Pronto. A tropa de Bolsonaro marchou para o Twitter para ofender Juninho e atacá-lo incessantemente. O ex-jogador manteve o silêncio por alguns dias até que nesta terça-feira soltou uma provocação.

A guerra se intensificou. Fãs de Jair Bolsonaro de um lado, apoiadores do Juninho do outro. Foi tiro, porrada e bomba no Twitter, o que levou o nome do jogador a ser um dos mais comentados no Brasil.

Tudo muito, tudo muito bem. Até que um dos filhos de Bolsonaro, o deputado estadual Flávio Bolsonaro, entrou na roda e resolveu defender o pai no Twitter mesmo. Virou um toma lá, dá cá, meus amigos.

E tudo terminou com a promessa de Flávio entregar a Juninho um livro sobre o pai, Jair.