ESPORTES

Messi venceu um jornal na Justiça e fez uma boa ação com o dinheiro

Autor
Messi venceu um jornal na Justiça e fez uma boa ação com o dinheiro

(Twitter / Barcelona)

Messi é gênio, cotado por muito como o melhor jogador de todos os tempos. Mas é um ser humano também especial. Prova é que ignora todo clima de rivalidade que é criado entre ele e Cristiano Ronaldo. Na premiação de melhor do mundo da Fifa, o camisa 10 do Barcelona foi lá e cumprimentou Cristianinho, filho do craque do Real Madrid, e que é fã do argentino. Sem celeumas.

Mas não é só. Messi tem gosto por causas humanitárias. Depois de doar todos alimentos e bebidas não utilizados em seu casamento em Rosario, na Argentina, no meio deste ano, a uma instituição de caridade, ele repetiu a dose. Mas com dinheiro. E fez um ataque virar boa ação.

Messi venceu um jornal na Justiça e fez uma boa ação com o dinheiro

(Twitter / seleção argentina)

Logo após da Copa de 2014, o jornal espanhol La Razón publicou um artigo de Alfonso Ussía, ex-candidato à presidência do Real Madrid, no qual ele atacava Messi com temas absurdos. Dizia que o argentino tinha inveja de Maradona e, por exemplo, utilizou o tratamento para crescer nas categorias de base do Barcelona como maneira de mascarar a utilização de doping. Messi, claro, ficou irado. E processou o jornal.

Nesta semana, a Justiça da Espanha deu ganho de causa ao argentino, que foi indenizado em 72 mil euros (cerca de R$ 276 mil). Messi utilizou o valor para uma reforma na casa, algum mimo novo? Nada. O argentino fez questão de doar o dinheiro para a ONG Médico Sem Fronteiras, organização que existe desde a década de 70 e já levou até um prêmio Nobel da Paz pelo seu trabalho. Mais um golaço do argentino.