ESPORTES

O choro de Kaká na despedida do Orlando City dividiu muita gente

Autor
O choro de Kaká na despedida do Orlando City dividiu muita gente

(Twitter / Orlando City)

Aos 35 anos, Kaká sabe que o fim da carreira de jogador profissional, iniciada em 1999, se aproxima do fim. Neste fim de semana, o jogador anunciou que não vai continuar no Orlando City, da Major League Soccer (MLS), dos Estados Unidos, no próximo ano. E se emocionou.

Antes do último jogo no estádio do clube, Kaká chorou durante a execução do hino norte-americano. Querido pelos torcedores do clube, ele não conseguiu ajudar o Orlando City a sair com uma vitória. O Columbus Crew venceu a peleja por 1 a 0. Mas só se falou do choro de Kaká, que dividiu muita gente.

O choro de Kaká na despedida do Orlando City dividiu muita gente

(Twitter / Orlando City)

O provável é que Kaká continue a carreira no futebol brasileiro. Em 2014, ele foi emprestado pelo Orlando City ao São Paulo, clube pelo qual foi revelado e com o qual tem grande identificação.

Mas criticaram Kaká até por chorar durante o hino norte-americano. Eita.

Fato é que ele vai causar o choro de muita gente caso decida mesmo acertar com o São Paulo para a próxima temporada.

Pessoal fez até previsão.

Em abril de 2018, Kaká vai completar 36 anos. Bem longe do garoto de passadas firmes e explosão impressionante que ganhou o título de melhor do mundo em 2007, o último antes da divisão entre Messi e Cristiano Ronaldo. Não é pouca coisa, não.