ESPORTES

O presidente do Bayern de Munique fez pouco caso de Neymar

PTorre
Yazar
PTorre
O presidente do Bayern de Munique fez pouco caso de Neymar

(Divulgação / MoWA Press)

Neymar sempre despertou paixão e ódio por onde passou, mas coisas ficaram bem acirradas depois de sua transferência para o PSG. Vira e mexe alguém dá uma pancadinha no camisa 10 da seleção brasileira. E, desta vez, ela veio da Alemanha.

Em festividade de Natal com torcedores do Bayern de Munique, o presidente do clube, Uli Hoeness, soltou a sua percepção sobre Neymar.

"Para mim, não parece ser tão bom assim"

A declaração causou impacto e viajou o mundo, principalmente porque em 2010 o Bayern tentou tirar o garoto do Santos, mas se recusou a pagar os 24 milhões de euros pedidos pelo clube na ocasião.

O mandatário do Bayern conversava com a torcida, segundo a imprensa alemã, sobre capacidade de investimento dos clubes europeus. E disse que o Bayern não tem condições de investir 222 milhões em um jogador como fez o PSG. E ainda acrescentou:

"E nem mesmo 180 milhões, como fizeram com Mbappé, que considero muito bom"

Na primeira fase da Champions League, PSG e Bayern se enfrentaram duas vezes e cada um venceu o jogo que fez em casa. Os times terminaram empatados em pontos, mas os franceses superaram os alemães devido ao enorme saldo de gols. Com grande contribuição de Neymar.