ESPORTES

Por comemoração "patrocinada" australiano pode ser punido pela Fifa

Autor
Por comemoração "patrocinada" australiano pode ser punido pela Fifa

(Twitter / seleção australiana)

Tim Cahill é um dos nomes mais famosos da história do futebol australiano. Aos 37 anos, ele continua na ativa e veste a camisa 4 dos Socceroos, como é conhecida a seleção australiana. E, de novo, ele foi importante para o país ao marcar dois gols sobre a Síria, o que rendeu um lugar na repescagem das eliminatórias mundiais da Copa do Mundo.

O problema é que Cahill entrou em uma polêmica e deve ser investigado pela Fifa, de acordo com o jornal britânico "The Guardian". Tudo por conta das comemorações feitas no jogo contra a Síria. Geralmente, Tim Cahill celebra os gols fingindo lutar com as bandeiras de escanteios. Dessa vez mudou. Imitou um avião e fez um "T" com as mãos.

Tudo poderia passar em branco, mas o próprio jogador postou em seu Instagram uma foto na qual marca a agência de viagem Trip a Deal, que patrocina o seu clube, o Melbourne City. A própria agência postou no Instagram a comemoração de Cahill celebrando o seu garoto-propaganda. E depois apagou. O motivo? A Fifa proíbe ações de marketing dentro do jogo. E Cahill pode ser punido.

Jabá pode custar caro, hein....