ESPORTES

Por R$ 10 mi, Diego Souza torna o São Paulo seu 11º clube da carreira

Yazar
Por R$ 10 mi, Diego Souza torna o São Paulo seu 11º clube da carreira

(Agif)

E aí que você abriu o noticiário e está lá: Diego Souza se transferiu mais uma vez. A chegada do jogador ao São Paulo por R$ 10 milhões é nada menos do que a 14ª do meia em 15 anos de carreira. Ou seja, na média, Diego tem quase uma troca de clube por ano que esteve no futebol profissional. Impressiona.

Ele iniciou a carreira como segundo volante, recém-saído da base do Fluminense, lá em 2003. Ficou no clube tricolor até 2005, quando foi negociado com o Benfica, de Portugal. Meses depois voltou ao Brasil para jogar no rival Flamengo. E começou sua peregrinação.

No ano seguinte voltou ao Benfica, foi emprestado ao Grêmio. Depois acabou negociação com Palmeiras. De lá saiu para o Atlético Mineiro e seguiu para o Vasco. E a festa de transferências não parou aí. Ganhou ainda mais fôlego. Al Ittihad, da Arábia Saudita, Cruzeiro, Metalist, da Rússia e chegada ao Sport. Parecia, ali, que Diego Souza caminharia para um final de carreira mais tranquilo.

Mas no início de 2016, ele voltou para o Fluminense. Ficou três meses. Saiu e retornou ao Sport. E, enfim, agora chega ao São Paulo aos 32 anos, com 11 clubes na carreira e 14 transferências. Sério, deu para cansar só de ler a quantidade de mudanças na vida do Diego Souza, não?