ESPORTES

Técnico do Inter dá declaração machista a repórter e tem de voltar atrás

PTorre
Yazar
PTorre
Técnico do Inter dá declaração machista a repórter e tem de voltar atrás

O técnico Guto Ferreira perdeu a compostura após a vitória suada do seu Internacional sobre o Luverdense, por 1 a 0, com polêmica de arbitragem. Na coletiva de imprensa, ele simplesmente deu uma resposta para lá de machista em uma pergunta feita pela repórter Kelly Costa, da rede RBS.

"Não vou responder a você, que é mulher e não deve ter jogado (futebol)", disse Guto Ferreira.

A desastrosa declaração, claro, explodiu no país inteiro e o técnico teve de pedir desculpas pessoalmente à profissional, além de ter publicado um texto se retratando. "Fui muito infeliz", disse Guto. E foi mesmo. Na internet, claro, as mulheres não perdoaram tão facilmente o técnico do Internacional e metralharam em algumas respostas muito boas. 

Lugar de toda mulher é....

E aí, Guto, topa o desafio?

A luta pela igualdade deve continuar.

A repercussão, no entanto, teve até um lado positivo.

Consequência de tamanho machismo.

Calma, gente.

Talvez agora o técnico do Internacional ao menos pense antes de ser machista por aí, não é mesmo?