ESPORTES

Um ano depois, o mundo do futebol volta a abraçar a Chapecoense

Autor
Um ano depois, o mundo do futebol volta a abraçar a Chapecoense

Parece - e até é - clichê. Mas o tempo passou tão rápido e até assustou quando esta quarta-feira, 29 de novembro de 2017, chegou. Um ano do acidente que vitimou 71 pessoas entre jogadores, comissão técnica e jornalistas que seguiam para Medellín, na Colômbia, onde a Chapecoense enfrentaria o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana de 2016.

Assim que o relógio virou para meia-noite do dia 29 de novembro, vários perfis de clubes brasileiros e internacionais prestaram homenagem à Chapecoense e, claro, às vítimas do acidente.

Clubes internacionais também se manifestaram na data.

Depois da bela homenagem ainda em 2016, o Atlético Nacional, que disputaria a final da Copa Sul-Americana com a Chapecoense, fez outra cerimônia. Desta vez com direito a uma placa comemorativa e uma cápsula do tempo com cartas e camisas. Ela será aberta em 40 anos.

E, claro, a própria Chapecoense se manifestou na rede social.

#PraSempreChape