FUTEBOL

Um bandeirão impediu o trabalho do árbitro de vídeo em Portugal

Autor
Um bandeirão impediu o trabalho do árbitro de vídeo em Portugal

(Reprodução)

A discussão sobre utilização do árbitro de vídeo, o famoso VAR, está em alta no futebol brasileiro. Mas em Portugal essa fase já foi superada e a tecnologia está implementada no campeonato nacional. Mas há sempre alguns percalços que são encontrados no caminho. E houve um no mínimo inusitado.

Na partida entre Desportivo das Aves e Boavista, o time da casa já vencia por 2 a 0. No segundo tempo, um escanteio foi cobrado do lado direito, o atacante Alexandre Guedes desviou de cabeça a bola para o centro da área. Ela foi desviada pelo volante Vitor Gomes para o gol. E aí os jogadores rivais, do Boavista, reclamaram acintosamente de impedimento. Vamos ao vídeo, certo?

Tranquilo, o árbitro Fábio Veríssimo pediu o auxílio da tecnologia. Mas eis que surgiu um problema bizarro. A imagem que daria para verificar o possível impedimento não existia. O motivo? Um bandeirão da torcida do Aves tremulava na frente da câmera que focalizava o escanteio. No meio da confusão, o árbitro ficou indeciso, mas depois de um tempo ele decidiu validar o gol, sem alternativas. Ficou, então, o pensamento.