ESPORTES

Um belo drible de um vascaíno causou o maior tumulto no Maracanã

PTorre
Autor
PTorre
Um belo drible de um vascaíno causou o maior tumulto no Maracanã

(Divulgação / Vasco)

O Vasco venceu o Botafogo por 1 a 0 no Maracanã, gol de Nenê. Torcida comemorando, tudo muito bom, tudo muito bem. Até que o atacante Paulo Vitor, de 18 anos, do Vasco, tentou dar uma lambreta no lateral-direito Arnaldo, do Botafogo. Não conseguiu.

Foi parado com falta. E aí resultou no maior sururu.

O garoto foi cercado por jogadores do Botafogo porque teria sido desrespeitoso ao tentar o drible. De quebra, o árbitro decidiu aplicar cartão amarelo ao menino. E gerou um debate nas redes sociais.

O garoto vascaíno negou que tenha desrespeitado o Botafogo com a lambreta. Segundo ele foi um "recurso do jogo". Mas o botafoguense Bruno Silva não gostou.

Para os vascaínos, no entanto, acabou apenas em alegria.