ESPORTES

Um gol de mão fez Jô virar alvo de todos os lados nas redes sociais

PTorre
Author
PTorre
Um gol de mão fez Jô virar alvo de todos os lados nas redes sociais

(Divulgação / Corinthians)

Enquanto na Europa só se fala de Neymar versus Cavani, no Brasil os holofotes estão em cima de Jô, do Corinthians. Ou melhor, na mão de Jô. Foi com ela que o atacante fez o gol da vitória sobre o Vasco, 1 a 0, no fim de semana. E deu o que falar. Primeiro porque o gol foi validado. Depois porque Jô disse que não sabia onde a bola tinha batido mesmo com um lance tão claro.

Foi contraditório. Isso porque no início do ano Jô foi beneficiado por um lance de fair play de Rodrigo Caio, do São Paulo. Em uma dividida de bola com o zagueiro no Campeonato Paulista, Jô levou o amarelo por ter supostamente deixado o pé bater no goleiro. Mas Rodrigo Caio o defendeu. Disse que o pé fora dele.

O cartão amarelo de Jô foi anulado e ele pôde jogar o confronto seguinte da semifinal, quando inclusive fez um gol. Agradecido, o atacante corintiano pediu mais atitudes de honestidade no futebol como fez Rodrigo Caio. Ao não assumir o gol de mão, não foi perdoado nas redes sociais.

Mas houve quem defendeu o indefensável.

E tome trofeu de hipocrisia para o menino Jô.

E as piadinhas surgiram.

Depois da polêmica, a CBF promete colocar o recurso de árbitro de vídeo já na próxima rodada do Campeonato Brasileiro.