ESPORTES

Você não vai acreditar que Kaká foi expulso nos EUA por esse motivo

PTorre
Author
PTorre
Você não vai acreditar que Kaká foi expulso nos EUA por esse motivo

Kaká sempre carregou consigo a imagem de bom moço no futebol. Arrancava suspiro das mulheres e causava admiração dos homens com o futebol jogador. Veterano, aos 35 anos, ele está no Orlando City, da Major League Soccer (MLS), nos Estados Unidos. E tem levado a vida numa boa. Até demais. Mas isso lhe causou um problema.

O jogador acabou vítima de uma expulsão no mínimo bizarra durante uma partida do Orlando City contra o New York Red Bull, fora de casa. Quase no fim do jogo, uma pequena discussão foi iniciada na lateral do campo. No meio da muvuca, Kaká decidiu brincar com um jogador do New York, o francês Collin, seu ex-companheiro de Orlando City.

O meia brasileiro decidiu tapar a boca de Collin com as mãos. O francês por alguns segundos não entendeu nada. Mas virou, viu Kaká e começou a rir, ciente de que se tratava de uma brincadeira do amigo. O problema foi que o árbitro do jogo não gostou nada. E pediu o auxílio do vídeo para rever a imagem. E tomou a decisão bizarra: deu amarelo para outros dois jogadores e expulsou Kaká.

"Após revisão em vídeo, cartão vermelho mostrado a Kaká, do Orlando City, por conduta violenta"

Rapidamente, vários jogadores tentaram interceder a favor do brasileiro. Inclusive os rivais. Mas não houve jeito. Kaká foi mesmo expulso e deixou o campo rindo, provavelmente estupefato com a decisão do juizão. Ninguém entendeu como isso foi acontecer...