Coluna do Pedro Zambarda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coluna do Pedro Zambarda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coluna do Pedro Zambarda
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

A entrevista de Reinaldo Azevedo com Temer é propaganda vergonhosa

O triste fim de um jornalista de direita que acusava os outros de "chapa branca" e vai defender um presidente que não dura um ano.

A entrevista de Reinaldo Azevedo com Temer é propaganda vergonhosa
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Depois da PGR ter anexado grampo dele com Andrea Neves de maneira injusta, o jornalista Reinaldo Azevedo saiu da revista Veja e da rádio Jovem Pan, mas não mudou de tom. Recém-empregado na rádio BandNews no programa O É da Coisa, ele vai ao ar às 18hrs e compete diretamente com Joice Hasselmann, que o processou e tomou conta do seu antigo programa Pan, Os Pingos nos Is.

Reinaldão não afrouxou, no entanto. Continua falando grosso contra Lula, contra a "direita xucra", contra Rodrigo Janot e a Procuradoria-Geral da República, além de não poupar críticas nem a Sérgio Moro. Ele chega a gritar em seus programas. Destoa um bocado de Ricardo Boechat, que acorda a rádio às 7h30 da manhã.

Mas o mico de Reinaldão foi quando Michel Temer ligou para o seu programa sem que ele esperasse no dia 3 de julho deste ano.

"Presidente Temer, é o senhor?", disse, sem conter uma risada descontrolada ao constatar que era o presidente da República ligando no seu programa.

Falou em recuperação da economia e dos seus "sinais" no governo de um homem que fez um golpe parlamentar disfarçado de impeachment. O presidente levantou a bola do ex-colunista feroz da Veja: "Você sabe que eu estarei muito obediente àquilo que a Câmara dos Deputados decidir. Mas você, eu dou um dado interessante para você: há cerca de 363 indecisos. Você sabe que os indecisos, Reinaldo, são aqueles que vão dar o seu voto no último momento. Os que são contra dizem logo que são contra".

Depois Temer disse ter certeza quase "absoluta" que vencerá e enterrará suas acusações de corrupção protocoladas pela Procuradoria-Geral da República baseadas nas delações de Joesley Batista. Reinaldão falou que os deputados favoráveis à cassação presidencial por crimes de corrupção estão em uma "aventura golpista".

Michel Temer mandou um "grande abraço" a Reinaldo, que se disse novamente espantado com a ligação. Estavam num papo de comadres, um enchendo a bola do outro. 

Reinaldo Azevedo não respeitou nem o básico dos manuais de boas entrevistas. Eu, sendo um colunista de centro-esquerda, não pouparia Luiz Inácio Lula da Silva de perguntas sobre o Petrolão e o sítio de Atibaia, por exemplo, nem que fosse para ele apenas se defender. Reinaldão teve a baixeza de não perguntar sobre a prisão recente do ex-ministro Geddel Vieira Lima.

E se orgulhou de não ter feito a pergunta. Disse que o presidente não precisa se explicar por ter empregado um político notoriamente corrupto do PMDB em seu governo.

Triste fim do "combativo" Reinaldão, que se orgulha de ter batido em Lula quando os governos petistas cresciam na economia. Reinaldo Azevedo, aquele mesmo que chamava Paulo Henrique Amorim de lambe-botas do PT e os blogs de esquerda de "sujos". Aquele mesmo que propagava os ataques de José Serra dentro da imprensa através da revista Veja.

Ele mesmo. Hoje ele faz uma entrevista puxando o saco de Michel Temer. Aquele presidente que pode cair pro inexpressivo Rodrigo Maia assumir. É este cara que Reinaldão elogia.

Este elogio esconde uma propaganda vergonhosa.

10 declarações vergonhosas de Temer

O "vice decorativo" de Dilma virou um excelente "presidente decorativo".

10 declarações vergonhosas de Temer
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Michel Temer está nas piores semanas do seu mandato presidencial, sem dúvidas. A CCJ da Câmara dos Deputados votou pela admissão do seu processo por corrupção passiva e obstrução de Justiça. Se o processo se efetuar, talvez até setembro Temer não seja mais presidente e Rodrigo Maia, presidente da Câmara, entraria no seu lugar.

Antes que seja tarde, vale relembrar agora 10 declarações vergonhosas do nosso atual presidente, que ajudaram a melar ainda mais a reputação do Brasil, dentro e fora de seu território.

1. "Crise econômica no Brasil não existe. Pode levantar os dados e você verá que estamos crescendo no emprego, estamos crescendo na indústria, estamos crescendo no agronegócio".
Temer disse isso na reunião do G20 em 8 de julho de 2017.

2. "Mais uma vez, quero agradecer à vossa excelência e a todo o povo norueguês a gentileza e a delicadeza com que nos recebem. Embora voltando hoje [sexta] ao Brasil, desde já, com a reunião que tivemos ontem [quinta] com os empresários e da reunião que tivemos agora com vossa excelência e, mais adiante, com o parlamento brasileiro e, um pouco mais adiante, com sua majestade, o rei da Suécia, eu já tenho a mais firme convicção de que, embora muita rápida nossa visita, ela estreita cada vez mais os laços do Brasil com a Noruega".
Temer à primeira-ministra norueguesa, Erna Solberg, no dia 23 de junho de 2017.

3. "Estive agora recentemente em Moscou, na Rússia, e depois na Noruega, e verifiquei o interesse extraordinário dos empreendimentos soviéticos, o deputado Perondi lá esteve em nossa comitiva, e nós pudemos verificar o interesse extraordinário de empresários soviéticos e noruegueses, no nosso país. pelo que está acontecendo no país".
Temer falou no dia 26 de junho de 2017, após voltar de viagem da Rússia e da Noruega.

4. "Cada país fez um relato daquilo que está fazendo no seu país, como eu pude fazer um relato daquilo que nós estamos fazendo no Brasil, gerando exatamente inflação baixa, reduzindo os juros, fazendo voltar o desemprego e combatendo a recessão".
Temer mandando mal no G20, ao se vangloriar do "desemprego". Informação divulgada na imprensa no dia 7 de julho de 2017.

5. "Na economia também a mulher tem grande participação. Ninguém é mais capaz de indicar os desajustes de preço no supermercado do que a mulher. Ninguém é capaz de melhor detectar as flutuações econômicas do que a mulher, pelo orçamento doméstico".
Temer no discurso de Dia Internacional da Mulher, em 8 de março de 2017.

6. “O que o Ricardo Barros fez na saúde foi uma coisa extraordinária. Ele começou a impedir tais ralos pelos quais saem recursos e, em pouquíssimo tempo, fizemos uma solenidade no Planalto, onde ele anunciou a economia de 800 milhões de cruzeiros, que significam novas UPAs e novas UBSs (unidades de saúde)”.
Temer na entrega de ambulâncias no Rio Grande do Sul em 9 de janeiro de 2017. O dinheiro citado pelo presidente deixou de circular em 1993.

7. "Obrigado a vocês por mais essa propaganda".
Temer aos apresentadores do Roda Viva, programa jornalístico da TV Cultura, em vídeo dos bastidores. De novembro de 2016.

8. "Hoje, graças a Deus, as mulheres tem possibilidade de empregabilidade que não tinha no ano passado. Com a queda da inflação, dos juros, significa que também, além de cuidar dos afazeres domésticos, terá um caminho cada vez mais longo para o emprego".
Temer falando mais besteiras no Dia Internacional da Mulher.

9. "Tenho convicção do quanto a mulher, pela minha criação, pela Marcela, faz pela casa, pelo lar, pelos filhos. Se a sociedade vai bem, se os filhos crescem, é porque tiveram adequada formação em suas casas e, seguramente, quem faz isso não é o homem, é a mulher".
Temer reforçando o machismo contra mulheres.

10. "As instituições funcionam com regularidade extraordinária e liberdade”.
Mais uma gafe de Temer diante de autoridades da Noruega, depois de confundir o país com a Suécia e ser confrontado com péssimos dados do Brasil.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrozambarda
Escreve desde os 8 anos. É editor do Geração Gamer e Drops de Jogos, além de ser repórter do Diário do Centro do Mundo.