Coluna do Pedro Zambarda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coluna do Pedro Zambarda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coluna do Pedro Zambarda
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

A lista completa de deputados que votaram SIM e NÃO no arquivamento de Temer

Leia abaixo.

A lista completa de deputados que votaram SIM e NÃO no arquivamento de Temer
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

SIM

  1. Flaviano Melo (PMDB): SIM
  2. Jéssica Sales (PMDB): SIM
  3. Arthur Lira (PP): SIM
  4. Cícero Almeida (PMDB): SIM
  5. Marx Beltrão (PMDB): SIM
  6. Maurício Quintella Lessa (PR): SIM
  7. André Abdon (PP): SIM
  8. Cabuçu Borges (PMDB): SIM
  9. Jozi Araújo (PTN): SIM
  10. Roberto Góes (PDT): SIM
  11. Vinicius Gurgel (PR): SIM
  12. Alfredo Nascimento (PR): SIM
  13. Arthur Virgílio Bisneto (PSDB): SIM
  14. Átila Lins (PSD): SIM
  15. Pauderney Avelino (DEM): SIM
  16. Sabino Castelo Branco (PTB): SIM
  17. Silas Câmara (PRB): SIM
  18. Antonio Imbassahy (PSDB): SIM
  19. Arthur Oliveira Maia (PPS): SIM
  20. Benito Gama (PTB): SIM
  21. Cacá Leão (PP): SIM
  22. Claudio Cajado (DEM): SIM
  23. Elmar Nascimento (DEM): SIM
  24. Erivelton Santana (PEN): SIM
  25. João Carlos Bacelar (PR): SIM
  26. José Carlos Aleluia (DEM): SIM
  27. José Carlos Araújo (PR): SIM
  28. José Rocha (PR): SIM
  29. Lucio Vieira Lima (PMDB): SIM
  30. Márcio Marinho (PRB): SIM
  31. Mário Negromonte Jr. (PP): SIM
  32. Pastor Luciano Braga (PRB): SIM
  33. Paulo Azi (DEM): SIM
  34. Roberto Britto (PP): SIM
  35. Aníbal Gomes (PMDB): SIM
  36. Danilo Forte (PSB): SIM
  37. Domingos Neto (PSD): SIM
  38. Genecias Noronha (SD): SIM
  39. Gorete Pereira (PR): SIM
  40. Macedo (PP): SIM
  41. Moses Rodrigues (PMDB): SIM
  42. Paulo Henrique Lustosa (PP): SIM
  43. Vaidon Oliveira (DEM): SIM
  44. Alberto Fraga (DEM): SIM
  45. Izalci Lucas (PSDB): SIM
  46. Laerte Bessa (PR): SIM
  47. Rogério Rosso (PSD): SIM
  48. Ronaldo Fonseca (PROS): SIM
  49. Lelo Coimbra (PMDB): SIM
  50. Marcus Vicente (PP): SIM
  51. Alexandre Baldy (PTN): SIM
  52. Célio Silveira (PSDB): SIM
  53. Daniel Vilela (PMDB): SIM
  54. Giuseppe Vecci (PSDB): SIM
  55. Heuler Cruvinel (PSD): SIM
  56. João Campos (PRB): SIM
  57. Jovair Arantes (PTB): SIM
  58. Lucas Vergilio (SD): SIM
  59. Magda Mofatto (PR): SIM
  60. Pedro Chaves (PMDB): SIM
  61. Roberto Balestra (PP): SIM
  62. Thiago Peixoto (PSD): SIM
  63. Aluisio Mendes (PTN): SIM
  64. André Fufuca (PP): SIM
  65. Cleber Verde (PRB): SIM
  66. Hildo Rocha (PMDB): SIM
  67. João Marcelo Souza (PMDB): SIM
  68. José Reinaldo (PSB): SIM
  69. Junior Marreca (PEN): SIM
  70. Juscelino Filho (DEM): SIM
  71. Pedro Fernandes (PTB): SIM
  72. Sarney Filho (PV): SIM
  73. Victor Mendes (PSD): SIM
  74. Adilton Sachetti (PSB): SIM
  75. Carlos Bezerra (PMDB): SIM
  76. Ezequiel Fonseca (PP): SIM
  77. Fabio Garcia (PSB): SIM
  78. Nilson Leitão (PSDB): SIM
  79. Professor Victório Galli (PSC): SIM
  80. Rogério Silva (PMDB): SIM
  81. Carlos Marun (PMDB): SIM
  82. Elizeu Dionizio (PSDB): SIM
  83. Geraldo Resende (PSDB): SIM
  84. Tereza Cristina (PSB): SIM
  85. Ademir Camilo (PODE): SIM
  86. Aelton Freitas (PR): SIM
  87. Bilac Pinto (PR): SIM
  88. Brunny (PR): SIM
  89. Caio Narcio (PSDB): SIM
  90. Carlos Melles (DEM):
  91. Dâmina Pereira (PSL): SIM
  92. Delegado Edson Moreira (PR): SIM
  93. Diego Andrade (PSD): SIM
  94. Dimas Fabiano (PP): SIM
  95. Domingos Sávio (PSDB): SIM
  96. Fábio Ramalho (PMDB): SIM
  97. Franklin (PP): SIM
  98. Jaime Martins (PSD): SIM
  99. Leonardo Quintão (PMDB): SIM
  100. Luis Tibé (PTdoB): SIM
  101. Luiz Fernando Faria (PP): SIM
  102. Marcelo Aro (PHS): SIM
  103. Mauro Lopes (PMDB): SIM
  104. Misael Varella (DEM): SIM
  105. Newton Cardoso Jr (PMDB): SIM
  106. Paulo Abi-Ackel (PSDB): SIM
  107. Raquel Muniz (PSD): SIM
  108. Renato Andrade (PP): SIM
  109. Renzo Braz (PP): SIM
  110. Rodrigo de Castro (PSDB): SIM
  111. Saraiva Felipe (PMDB): SIM
  112. Tenente Lúcio (PSB): SIM
  113. Toninho Pinheiro (PP): SIM
  114. Zé Silva (SD): SIM
  115. Beto Salame (PP): SIM
  116. Delegado Éder Mauro (PSD): SIM
  117. Elcione Barbalho (PMDB): SIM
  118. Francisco Chapadinha (PTN): SIM
  119. Hélio Leite (DEM): SIM
  120. José Priante (PMDB): SIM
  121. Josué Bengtson (PTB): SIM
  122. Júlia Marinho (PSC): SIM
  123. Lúcio Vale (PR): SIM
  124. Nilson Pinto (PSDB): SIM
  125. Simone Morgado (PMDB): SIM
  126. Wladimir Costa (SD): SIM
  127. Aguinaldo Ribeiro (PP): SIM
  128. André Amaral (PMDB): SIM
  129. Benjamin Maranhão (SD): SIM
  130. Efraim Filho (DEM): SIM
  131. Hugo Motta (PMDB): SIM
  132. Rômulo Gouveia (PSD): SIM
  133. Alex Canziani (PTB): SIM
  134. Alfredo Kaefer (PSL): SIM
  135. Assis do Couto (PDT): SIM
  136. Dilceu Sperafico (PP): SIM
  137. Edmar Arruda (PSD): SIM
  138. Evandro Roman (PSD): SIM
  139. Giacobo (PR): SIM
  140. Hermes Parcianello (PMDB): SIM
  141. João Arruda (PMDB): SIM
  142. Luiz Carlos Hauly (PSDB): SIM
  143. Luiz Nishimori (PR): SIM
  144. Nelson Meurer (PP): SIM
  145. Nelson Padovani (PSDB): SIM
  146. Osmar Bertoldi (DEM): SIM
  147. Sergio Souza (PMDB): SIM
  148. Takayama (PSC): SIM
  149. Toninho Wandscheer (PROS): SIM
  150. Adalberto Cavalcanti (PTB): SIM
  151. Augusto Coutinho (SD): SIM
  152. Bruno Araújo (PSDB): SIM
  153. Eduardo da Fonte (PP): SIM
  154. Fernando Coelho Filho (PSB): SIM
  155. Fernando Monteiro (PP): SIM
  156. Jorge Côrte Real (PTB): SIM
  157. Luciano Bivar (PSL): SIM
  158. Marinaldo Rosendo (PSB): SIM
  159. Mendonça Filho (DEM): SIM
  160. Ricardo Teobaldo (PTN): SIM
  161. Sebastião Oliveira (PR): SIM
  162. Zeca Cavalcanti (PTB): SIM
  163. Átila Lira (PSB): SIM
  164. Heráclito Fortes (PSB): SIM
  165. Iracema Portella (PP): SIM
  166. Júlio Cesar (PSD): SIM
  167. Maia Filho (PP): SIM
  168. Paes Landim (PTB): SIM
  169. Alexandre Valle (PR): SIM
  170. Altineu Côrtes (PMDB): SIM
  171. Aureo (SD): SIM
  172. Celso Jacob (PMDB): SIM
  173. Cristiane Brasil (PTB): SIM
  174. Ezequiel Teixeira (PTN): SIM
  175. Francisco Floriano (DEM): SIM
  176. Julio Lopes (PP): SIM
  177. Leonardo Picciani (PMDB): SIM
  178. Marcelo Delaroli (PR): SIM
  179. Marco Antônio Cabral (PMDB): SIM
  180. Marcos Soares (DEM): SIM
  181. Paulo Feijó (PR): SIM
  182. Pedro Paulo (PMDB): SIM
  183. Roberto Sales (PRB): SIM
  184. Rosangela Gomes (PRB): SIM
  185. Simão Sessim (PP): SIM
  186. Soraya Santos (PMDB): SIM
  187. Walney Rocha (PEN): SIM
  188. Zé Augusto Nalin (PMDB): SIM
  189. Beto Rosado (PP): SIM
  190. Fábio Faria (PSD): SIM
  191. Felipe Maia (DEM): SIM
  192. Rogério Marinho (PSDB): SIM
  193. Walter Alves (PMDB): SIM
  194. Alceu Moreira (PMDB): SIM
  195. Cajar Nardes (PR): SIM
  196. Covatti Filho (PP): SIM
  197. Darcísio Perondi (PMDB): SIM
  198. José Fogaça (PMDB): SIM
  199. José Otávio Germano (PP): SIM
  200. Mauro Pereira (PMDB): SIM
  201. Osmar Terra (PMDB): SIM
  202. Renato Molling (PP): SIM
  203. Ronaldo Nogueira (PTB): SIM
  204. Sérgio Moraes (PTB): SIM
  205. Yeda Crusius (PSDB): SIM
  206. Lindomar Garçon (PRB): SIM
  207. Lucio Mosquini (PMDB): SIM
  208. Luiz Cláudio (PR): SIM
  209. Marinha Raupp (PMDB): SIM
  210. Nilton Capixaba (PTB): SIM
  211. Abel Mesquita (DEM): SIM
  212. Edio Lopes (PP): SIM
  213. Hiran Gonçalves (PP): SIM
  214. Jhonatan de Jesus (PRB): SIM
  215. Maria Helena (PSB): SIM
  216. Remídio Monai (PR): SIM
  217. Celso Maldaner (PMDB): SIM
  218. Cesar Souza (PSD): SIM
  219. João Paulo Kleinübing (PSD): SIM
  220. João Rodrigues (PSD): SIM
  221. Marco Tebaldi (PSDB): SIM
  222. Mauro Mariani (PMDB): SIM
  223. Rogério Peninha Mendonça (PMDB): SIM
  224. Ronaldo Benedet (PMDB): SIM
  225. Valdir Colatto (PMDB): SIM
  226. Antonio Bulhões (PRB): SIM
  227. Baleia Rossi (PMDB): SIM
  228. Beto Mansur (PRB): SIM
  229. Bruna Furlan (PSDB): SIM
  230. Celso Russomanno (PRB): SIM
  231. Dr. Sinval Malheiros (PTN): SIM
  232. Eli Corrêa Filho (DEM): SIM
  233. Evandro Gussi (PV): SIM
  234. Fausto Pinato (PP): SIM
  235. Goulart (PSD): SIM
  236. Guilherme Mussi (PP): SIM
  237. Herculano Passos (PSD): SIM
  238. Jorge Tadeu Mudalen (DEM): SIM
  239. Marcelo Aguiar (DEM): SIM
  240. Marcelo Squassoni (PRB): SIM
  241. Marcio Alvino (PR): SIM
  242. Miguel Lombardi (PR): SIM
  243. Milton Monti (PR): SIM
  244. Missionário José Olimpio (DEM): SIM
  245. Nelson Marquezelli (PTB): SIM
  246. Paulo Freire (PR): SIM
  247. Paulo Maluf (PP): SIM
  248. Paulo Pereira da Silva (SD): SIM
  249. Pr. Marco Feliciano (PSC): SIM
  250. Ricardo Izar (PP): SIM
  251. Roberto Alves (PRB): SIM
  252. Roberto de Lucena (PV): SIM
  253. Vinicius Carvalho (PRB): SIM
  254. Walter Ihoshi (PSD): SIM
  255. Andre Moura (PSC): SIM
  256. Fabio Reis (PMDB): SIM
  257. Carlos Henrique Gaguim (PTN): SIM
  258. Dulce Miranda (PMDB): SIM
  259. Josi Nunes (PMDB): SIM
  260. Lázaro Botelho (PP): SIM
  261. Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM): SIM
  262. Marcos Montes (PSD): (votos sem declaração contam a favor)
  263. Marcus Pestana (PSDB): 

NÃO

  1. Alan Rick (PRB): NÃO
  2. Angelim (PT): NÃO
  3. César Messias (PSB): NÃO
  4. Leo de Brito (PT): NÃO
  5. Moisés Diniz (PCdoB): NÃO
  6. Rocha (PSDB): NÃO
  7. Givaldo Carimbão (PHS): NÃO
  8. JHC (PSB): NÃO
  9. Paulão (PT): NÃO
  10. Ronaldo Lessa (PDT): NÃO
  11. Janete Capiberibe (PSB): NÃO
  12. Professora Marcivania (PCdoB): NÃO
  13. Conceição Sampaio (PP): NÃO
  14. Hissa Abrahão (PDT): NÃO
  15. Afonso Florence (PT): NÃO
  16. Alice Portugal (PCdoB): NÃO
  17. Antonio Brito (PSD): NÃO
  18. Bacelar (PTN): NÃO
  19. Bebeto (PSB): NÃO
  20. Caetano (PT): NÃO
  21. Daniel Almeida (PCdoB): NÃO
  22. Félix Mendonça Júnior (PDT): NÃO
  23. Fernando Torres (PSD): NÃO
  24. Irmão Lazaro (PSC): NÃO
  25. João Gualberto (PSDB): NÃO
  26. Jorge Solla (PT): NÃO
  27. José Nunes (PSD): NÃO
  28. Josias Gomes (PT): NÃO
  29. Jutahy Junior (PSDB): NÃO
  30. Nelson Pellegrino (PT): NÃO
  31. Paulo Magalhães (PSD): NÃO
  32. Sérgio Brito (PSD): NÃO
  33. Uldurico Junior (PV): NÃO
  34. Valmir Assunção (PT): NÃO
  35. Waldenor Pereira (PT): NÃO
  36. André Figueiredo (PDT): NÃO
  37. Ariosto Holanda (PDT): NÃO
  38. Cabo Sabino (PR): NÃO
  39. Chico Lopes (PCdoB): NÃO
  40. José Airton Cirilo (PT): NÃO
  41. José Guimarães (PT): NÃO
  42. Leônidas Cristino (PDT): NÃO
  43. Luizianne Lins (PT): NÃO
  44. Odorico Monteiro (PSB): NÃO
  45. Vitor Valim (PMDB): NÃO
  46. Augusto Carvalho (SD): NÃO
  47. Erika Kokay (PT): NÃO
  48. Carlos Manato (SD): NÃO
  49. Dr. Jorge Silva (PHS): NÃO
  50. Evair Vieira de Melo (PV): NÃO
  51. Givaldo Vieira (PT): NÃO
  52. Helder Salomão (PT): NÃO
  53. Norma Ayub (DEM): NÃO
  54. Paulo Foletto (PSB): NÃO
  55. Sergio Vidigal (PDT): NÃO
  56. Fábio Sousa (PSDB): NÃO
  57. Flávia Morais (PDT): NÃO
  58. Marcos Abrão (PPS): NÃO
  59. Rubens Otoni (PT): NÃO
  60. Deoclides Macedo (PDT): NÃO
  61. Eliziane Gama (PPS): NÃO
  62. Luana Costa (PSB): NÃO
  63. Rubens Pereira Júnior (PCdoB): NÃO
  64. Waldir Maranhão (PP): NÃO
  65. Weverton Rocha (PDT): NÃO
  66. Zé Carlos (PT): NÃO
  67. Ságuas Moraes (PT): NÃO
  68. Dagoberto Nogueira (PDT): NÃO
  69. Mandetta (DEM): NÃO
  70. Vander Loubet (PT): NÃO
  71. Zeca do PT (PT): NÃO
  72. Adelmo Carneiro Leão (PT): NÃO
  73. Eros Biondini (PROS): NÃO
  74. Gabriel Guimarães (PT): NÃO
  75. George Hilton (PROS):NÃO
  76. Jô Moraes (PCdoB): NÃO
  77. Júlio Delgado (PSB): NÃO
  78. Laudivio Carvalho (SD): NÃO
  79. Leonardo Monteiro (PT): NÃO
  80. Lincoln Portela (PRB): NÃO
  81. Luzia Ferreira (PPS): NÃO
  82. Marcelo Álvaro Antônio (PR): NÃO
  83. Margarida Salomão (PT): NÃO
  84. Padre João (PT): NÃO
  85. Patrus Ananias (PT): NÃO
  86. Reginaldo Lopes (PT): NÃO
  87. Stefano Aguiar (PSD): NÃO
  88. Subtenente Gonzaga (PDT): NÃO
  89. Weliton Prado (PMB): NÃO
  90. Arnaldo Jordy (PPS): NÃO
  91. Beto Faro (PT): NÃO
  92. Edmilson Rodrigues (PSOL): NÃO
  93. Joaquim Passarinho (PSD): NÃO
  94. Zé Geraldo (PT): NÃO
  95. Damião Feliciano (PDT): NÃO
  96. Luiz Couto (PT): NÃO
  97. Pedro Cunha Lima (PSDB): NÃO
  98. Veneziano Vital do Rêgo (PMDB): NÃO
  99. Wellington Roberto (PR): NÃO
  100. Aliel Machado (Rede): NÃO
  101. Christiane de Souza Yared (PR): NÃO
  102. Delegado Francischini (SD): NÃO
  103. Diego Garcia (PHS):NÃO
  104. Enio Verri (PT): NÃO
  105. Leandre (PV): NÃO
  106. Leopoldo Meyer (PSB): NÃO
  107. Rubens Bueno (PPS): NÃO
  108. Sandro Alex (PSD): NÃO
  109. Zeca Dirceu (PT): NÃO
  110. André de Paula (PSD): NÃO
  111. Betinho Gomes (PSDB): NÃO
  112. Daniel Coelho (PSDB): NÃO
  113. Danilo Cabral (PSB): NÃO
  114. Gonzaga Patriota (PSB): NÃO
  115. Jarbas Vasconcelos (PMDB): NÃO
  116. Luciana Santos (PCdoB): NÃO
  117. Pastor Eurico (PHS): NÃO
  118. Silvio Costa (PTdoB): NÃO
  119. Tadeu Alencar (PSB): NÃO
  120. Wolney Queiroz (PDT): NÃO
  121. Assis Carvalho (PT): NÃO
  122. Rodrigo Martins (PSB): NÃO
  123. Silas Freire (PODE): NÃO
  124. Alessandro Molon (Rede): NÃO
  125. Arolde de Oliveira (PSC): NÃO
  126. Benedita da Silva (PT): NÃO
  127. Cabo Daciolo (PTdoB): NÃO
  128. Celso Pansera (PMDB): NÃO
  129. Chico Alencar (PSOL): NÃO
  130. Chico D'angelo (PT): NÃO
  131. Deley (PTB): NÃO
  132. Felipe Bornier (PROS): NÃO
  133. Glauber Braga (PSOL): NÃO
  134. Hugo Leal (PSB): NÃO
  135. Jair Bolsonaro (PSC): NÃO
  136. Jandira Feghali (PCdoB): NÃO
  137. Jean Wyllys (PSOL): NÃO
  138. Julio Lopes (PP): SIM
  139. Laura Carneiro (PMDB): NÃO
  140. Luiz Carlos Ramos (PTN): NÃO
  141. Luiz Sérgio (PT): NÃO
  142. Marcelo Matos (PHS): NÃO
  143. Miro Teixeira (REDE): NÃO
  144. Otavio Leite (PSDB): NÃO
  145. Sergio Zveiter (PMDB): NÃO
  146. Sóstenes Cavalcante (DEM): NÃO
  147. Wadih Damous (PT): NÃO
  148. Antônio Jácome (PTN): NÃO
  149. Rafael Motta (PSB): NÃO
  150. Zenaide Maia (PR): NÃO
  151. Afonso Hamm (PP): NÃO
  152. Afonso Motta (PDT): NÃO
  153. Bohn Gass (PT): NÃO
  154. Carlos Gomes (PRB): NÃO
  155. Danrlei (PSD): NÃO
  156. Heitor Schuch (PSB): NÃO
  157. Henrique Fontana (PT): NÃO
  158. Jerônimo (PP): NÃO
  159. João Derly (Rede): NÃO
  160. José Stédile (PSB): NÃO
  161. Luis Carlos Heinze (PP): NÃO
  162. Marco Maia (PT): NÃO
  163. Marcon (PT): NÃO
  164. Maria do Rosário (PT): NÃO
  165. Onyx Lorenzoni (DEM): NÃO
  166. Paulo Pimenta (PT): NÃO
  167. Pepe Vargas (PT): NÃO
  168. Pompeo de Mattos (PDT): NÃO
  169. Expedito Netto (PSD): NÃO
  170. Marcos Rogério (DEM): NÃO
  171. Mariana Carvalho (PSDB): NÃO
  172. Carlos Andrade (PHS): NÃO
  173. Carmen Zanotto (PPS): NÃO
  174. Décio Lima (PT): NÃO
  175. Esperidião Amin (PP): NÃO
  176. Geovania de Sá (PSDB): NÃO
  177. Jorge Boeira (PP): NÃO
  178. Jorginho Mello (PR): NÃO
  179. Pedro Uczai (PT): NÃO
  180. Alex Manente (PPS): NÃO
  181. Ana Perugini (PT): NÃO
  182. Andres Sanchez (PT): NÃO
  183. Antonio Carlos Mendes Thame (PV): NÃO
  184. Arlindo Chinaglia (PT): NÃO
  185. Arnaldo Faria de Sá (PTB): NÃO
  186. Capitão Augusto (PR): NÃO
  187. Carlos Sampaio (PSDB): NÃO
  188. Carlos Zarattini (PT): NÃO
  189. Eduardo Bolsonaro (PSC): NÃO
  190. Eduardo Cury (PSDB): NÃO
  191. Flavinho (PSB): NÃO
  192. Ivan Valente (PSOL): NÃO
  193. Izaque Silva (PSDB): NÃO
  194. Jefferson Campos (PSD): NÃO
  195. João Paulo Papa (PSDB): NÃO
  196. José Mentor (PT): NÃO
  197. Keiko Ota (PSB): NÃO
  198. Lobbe Neto (PSDB): NÃO
  199. Luiz Lauro Filho (PSB): NÃO
  200. Luiza Erundina (PSOL): NÃO
  201. Major Olimpio (SD): NÃO
  202. Mara Gabrilli (PSDB): NÃO
  203. Miguel Haddad (PSDB): NÃO
  204. Nilto Tatto (PT): NÃO
  205. Orlando Silva (PCdoB): NÃO
  206. Paulo Teixeira (PT): NÃO
  207. Pollyana Gama (PPS): NÃO
  208. Renata Abreu (PTN): NÃO
  209. Ricardo Tripoli (PSDB): NÃO
  210. Roberto Freire (PPS): NÃO
  211. Sérgio Reis (PRB): NÃO
  212. Silvio Torres (PSDB): NÃO
  213. Tiririca (PR): NÃO
  214. Valmir Prascidelli (PT): NÃO
  215. Vanderlei Macris (PSDB): NÃO
  216. Vicente Candido (PT): NÃO
  217. Vicentinho (PT): NÃO
  218. Vitor Lippi (PSDB): NÃO
  219. Adelson Barreto (PR): NÃO
  220. Fábio Mitidieri (PSD): NÃO
  221. João Daniel (PT): NÃO
  222. Jony Marcos (PRB): NÃO
  223. Laercio Oliveira (SD): NÃO
  224. Valadares Filho (PSB): NÃO
  225. César Halum (PRB): NÃO
  226. Irajá Abreu (PSD): NÃO

O show de horrores da votação que abafou as investigações de Temer

PSDB dividido. Deputados de ideologias opostas votando contra o arquivamento do processo que acusa Temer de corrupção passiva. Um show de horrores sem nenhum protesto em Brasília com uma maioria abafando as investigações.

O show de horrores da votação que abafou as investigações de Temer
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Um show de horrores foi transmitido pela TV Câmara e pela TV Globo no horário de suas novelas e do Jornal Nacional. Nesta quarta-feira, 2 de agosto de 2017, 263 deputados sob o regimento de Rodrigo Maia votaram pelo arquivamento de denúncias contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 227 deputados votaram pelo não arquivamento da denúncia, que poderia cassar Temer da presidência pela primeira vez na história da democracia pós-ditadura militar por acusação de corrupção. 19 estiveram ausentes. Foram mais duas abstenções, totalizando 492 deputados presentes. A sessão durou cerca de 11 horas.

Como votou cada deputado?

Para desfazer confusões, o que foi votado no dia 2 foi o relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) na CCJ que pediu o arquivamento da cassação da presidência de Temer após acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela Procuradoria-Geral da República de Rodrigo Janot. Quem votou SIM, achou que as acusações não são suficientes para deliberar sobre o cargo de Michel Temer. Quem votou NÃO, quer que o presidente seja investigado por conta do conteúdo da delação premiada de Joesley Batista (J&F/JBS).

Confira a lista completa aqui.

Quem votou SIM:

O show de horrores da votação que abafou as investigações de Temer
O show de horrores da votação que abafou as investigações de Temer

Quem votou NÃO:

O show de horrores da votação que abafou as investigações de Temer
O show de horrores da votação que abafou as investigações de Temer

Os argumentos de quem votou sim e consagrou o show de horrores

"Pela família", "por Deus" e "pela tradição" voltaram a elencar os argumentos, como foi no processo de impeachment contra Dilma Rousseff. A inovação mambembe da vez é o argumento de "pela estabilidade econômica". Os deputados viraram amigos do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles? Agora eles entendem as reais causas do desemprego e da recessão do PIB?

Seja como for, também entraram em cena os argumentos "pelo fim do comunismo" e "pelo PT fora do poder". Dilma Rousseff não é presidente há um ano. Lula foi condenado em primeira instância pelo juiz Moro.

Jean Wyllys e Bolsonaro: Curioso caso de ideologias opostas que votaram NÃO

O show de horrores da votação que abafou as investigações de Temer

Deputado de esquerda do PSOL, Jean Wyllys honrou sua ideologia votando pelo não-arquivamento da denúncia. Seu adversário político Jair Bolsonaro, agora no PEN (antigamente estava no PSC), também votou NÃO. Eduardo Bolsonaro seguiu o pai. Os dois reacionários viraram comunistas?

Não, diferente dos deputados comprados por Temer, Bolsonaro tem pretensões presidencialistas em 2018. Apoiar Michel Temer com a popularidade abaixo do 5% é suicídio político. Jair Bolsonaro também não tem problemas na Justiça como Paulo Maluf, que provavelmente deve aparecer em delações premiadas da Andrade Gutierrez na Lava Jato. Quem estava preocupado com reputação, votou contra Temer no show do Congresso.

Até o deputado Sérgio Reis, que recebeu dinheiro das emendas parlamentares de R$ 3,5 bi do governo e cantou na festa de um ano da gestão Temer, pulou fora canoa furada e votou NÃO. Se Rodrigo Janot conseguir consolidar outra denúncia antes de deixar a Procuradoria-Geral da República, as traições ao governo Temer podem se ampliar.

O show de horrores, no entanto, ficará na cabeça dos brasileiros, que foram enganados por todos os lados.  

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrozambarda
Escreve desde os 8 anos. É editor do Geração Gamer e Drops de Jogos, além de ser repórter do Diário do Centro do Mundo.