Coluna do Pedro Zambarda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coluna do Pedro Zambarda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Coluna do Pedro Zambarda
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Mendigo Gerson: Como Doria usa pobres para fazer marketing?

Um post com milhares de compartilhamentos. Uma campanha chamada "Cidade Linda". Como o populismo de direita do novo prefeito João Doria Jr. usa os pobres? Tudo acontece a poucos da Prefeitura de São Paulo

Mendigo Gerson: Como Doria usa pobres para fazer marketing?
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Gerson Araújo da Silva tem 41 anos, é mendigo e mora na Rua Libero Badaró, ao lado da Prefeitura de São Paulo. Ele ficou famoso no dia 13 de janeiro de 2017. Tirou uma foto apertando a mão de João Doria Jr. Os opositores de esquerda chamaram ele de "mendigo fake". Foram mais de 180 mil curtidas e 40 mil compartilhamentos.

Basearam-se em preconceitos para dizer que ele era um mendigo pobre "fabricado por Doria".

Gerson é real. Saiu de casa aos 8 anos porque seu pai batia muito na minha mãe. Morou num convento de freiras e está na rua desde os 12 anos. Faz tratamento psiquiátrico, toma medicamentos e diz que hoje se sente bem. Deu entrevista pra Globo, pro SBT, pro Pânico e pra revista Veja. "Mas só você foi repórter de verdade e veio me ouvir por mais tempo", disse. Acreditei. Estava numa pauta pelo DCM, que saiu um dia antes da Veja São Paulo. 

A novidade que apurei, e está documentada nas minhas gravações, é que Doria tinha prometido um almoço para Gerson. "O prefeito nunca cumpriu essa promessa". Na semana que fiz a entrevista, era verão e chovia forte em São Paulo. Poucos dias depois, saiu uma decisão da Prefeitura que a GCM poderia retirar as cobertas dos mendigos e dos sem-teto.

Perguntei a Gerson se ele tinha vontade de processar João Doria Jr. por ter tirado uma foto sem sua autorização para divulgar a Prefeitura, além de não pagar o almoço. Ele disse que sim, mas preferia não fazer isso porque envolve muito dinheiro. E ele está certo.

Antes de Gerson, Doria se vestiu de gari e de pedreiro. Depois de Gerson, Doria se vestiu de cadeirante. Ele mora nos Jardins, tem uma mansão em Campos do Jordão e não poupa no marketing que simula a campanha eleitoral.

O novo prefeito de São Paulo brinca de ser pobre. E usa os pobres. 

Mamãefalei, Corrupção Brasileira Memes e os braços de comunicação do MBL

YouTubers nas ocupações da escola. Tática de ridicularização da oposição. Como o MBL faz uma comunicação jovem que contagia massas da direita.

Mamãefalei, Corrupção Brasileira Memes e os braços de comunicação do MBL
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O que é o FGTS? Como funciona? Ele tira direitos do trabalhador? Os protestos contra aumentos de tarifa vão provocar mais impostos? Qual é o problema das privatizações?

Arthur Moledo do Val é o autor do canal de YouTube MamãeFalei, que tem mais de 400 mil inscritos e vídeos com centenas de milhares de pageviews. Arthur faz as perguntas de uma maneira agressiva e com deboche envolvendo esquerdistas. E capricha na edição, que visa ridicularizar puramente a esquerda.

Sou repórter de um site de esquerda e mesmo quando fiz entrevistas com pessoas de direito e ironizei na edição, eu não faço o trabalho com a mesma agressividade de Arthur. No primeiro protesto do Movimento Passe Livre em 2017, em São Paulo, o vlogueiro chegou a pedir ajuda da Polícia Militar depois de provocar uma confusão com sua agressividade nas perguntas.

Arthur chegou a pedir dinheiro para sua audiência por uma campanha de crowdfunding. Acumulou R$ 19 mil. Na verdade, Arthur Moledo do Val é braço de comunicação do Movimento Brasil Livre (MBL), movimento de direita de Kim Kataguiri. Não esconde isso e falou em diferentes entrevistas, inclusive na Rádio Jovem Pan. Ele é mais uma das engrenagens do MBL nas redes sociais.

O MBL utiliza sites supostamente noticiosos para confirmar suas teses e fidelizar sua audiência numa fanpage de Facebook com 1,8 milhão de likes. Jornalivre, Implicante, Ceticismo Político e Folha Política são redes de sites que cozinham notas dos jornais Folha de S.Paulo, Estadão e outras fontes mais neutras para montar o seu noticiário parcial. O próprio Kim Kataguiri apresentava vídeos no canal Ficha Social, vinculado com a Folha Política.

Mamãefalei, Corrupção Brasileira Memes e os braços de comunicação do MBL

De acordo com diferentes fontes que falaram com o autor que vos fala na condição de anonimato, o administrador da fanpage Corrupção Brasileira Memes é amigo de Fernando Holiday, vereador pelo DEM e braço direito de Kim no MBL. Eles chegaram a fazer concursos culturais com o Movimento Brasil Livre, embora passem desapercebidos em muitas de suas postagens.

Corrupção Brasileira Memes passa a impressão que é imparcial. E não é.

Mamãefalei, Corrupção Brasileira Memes e os braços de comunicação do MBL

O site Spotniks, outro representante do novo liberalismo brasileiro desta direita, chegou a fazer um texto elogioso ao Corrupção Brasileira Memes no dia 5 de janeiro de 2017. O MBL também é querido por Reinaldo Azevedo na Veja e em suas colunas na Folha de S.Paulo. Apesar da grande quantidade de páginas sem muita credibilidade jornalística e memes, é possível apontar o movimento do Kim como um dos principais influenciadores políticos brasileiros no Facebook.

Fica pau a pau com Mídia Ninja, que cobre protestos de rua e tem viés esquerdista desde 2013.

É importante identificar os braços de comunicação do MBL para entender seus argumentos no cenário político. 

Com vereadores eleitos, eles são a nova oposição de direita no cenário, além de terem deturpado os propósito inicial das Jornadas de Junho de 2013 nas ruas.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pedrozambarda
Escreve desde os 8 anos. É editor do Geração Gamer e Drops de Jogos, além de ser repórter do Diário do Centro do Mundo.