Drops de Jogos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Drops de Jogos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Drops de Jogos
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

20 curiosidades sobre Final Fantasy VII em seus 20 anos

Sobre um dos RPGs mais consagrados de todos os tempos no universo dos videogames.

20 curiosidades sobre Final Fantasy VII em seus 20 anos
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Lançado em 31 de janeiro de 1997 no Japão, Final Fantasy VII é um dos games que nasceu predestinado ao sucesso absoluto e fez sucesso no instante em que foi lançado. Sendo o primeiro fora da plataforma Super Nintendo, o título marcou a mudança da Square de jogos 2D para três dimensões em um mundo aberto com elementos de cyberpunk (futuro distópico) e ecológico, aspectos revolucionários tanto no gameplay quanto na história.

Em 2017, FFVII completa 20 anos. No ano de 2015, foi anunciado numa conferência da Sony durante a E3 que a Square está trabalhando na criação de um remake do jogo. Mas o game refeito só deve chegar em 2020.

20 curiosidades sobre Final Fantasy VII em seus 20 anos

Vamos então relembrar curiosidades da saga futurista para matar as saudades deste jogo.

20 curiosidades sobre Final Fantasy VII em seus 20 anos
  1. O jogo iria ser lançado para um console chamado PlayStation... da Nintendo. A Sony tinha decidido criar um aparelho com a Big N, mas abandonaram o projeto por divergências na sua condução. A Nintendo criou o 64 e por muito tempo Final Fantasy VII era esperado para ele, mas ele saiu mesmo no PSX da Sony.
  2. [SPOILER] A morte de Aeris, histórica dentro do game, foi inspirada no falecimento da mãe de Hironobu Sakaguchi, produtor da franquia.
  3. Nobuo Uematsu foi o compositor do primeiro Final Fantasy até o episódio X e VII é considerado seu período mais produtivo, uma vez que as músicas saíram em oito meses.
  4. Os personagens Biggs e Wedge foram inspirados em Biggs Darklighter e Wedge Antilles, pilotos da Aliança Rebelde e amigos de Luke Skywalker na série de filmes Star Wars.
  5. Game foi vanguardista em abusar do espaço do PlayStation ao utilizar três discos para funcionar.
  6. Foi o primeiro game em 3D da série, mas ainda trazia os personagens "super deformed" (SD) no modo mapa.
  7. Era possível participar de uma corrida de Chocobos, as "galinhas amarelas" que servem como montaria.
  8. O jogo deu origem a um filme em 2005 chamado Final Fantasy VII: Advent Children, uma animação digital que mostra o futuro do herói Cloud contra seu rival Sephiroth (dividido em três entidades - Loz, Kadaj e Yazoo), que ainda quer destruir a Terra (Gaia).
  9. A cidade Midgard tem seu nome inspirado na mitologia nórdica.
  10. A história de FFVII mostra um futuro distópico em que a iniciativa privada venceu o Estado e as pessoas vivem numa metrópole melancólica que destrói a energia vital de Gaia, nossa mãe Terra. A corporação mais poderosa do planeta chama-se Shinra Electric Power Company.
  11. O designer Tetsuya Takahashi, que trabalhou no mesmo projeto, distanciou-se de Sakaguchi para criar uma franquia mais sombria chamada Xenogears.
  12. Parasite Eve, de 1999, nasceu de um conceito de Final Fantasy VII ocorrendo dentro de Nova York.
  13. Uma personagem chamada Edea foi pensada para FFVII, mas ela só foi utilizada na história de Final Fantasy VIII (1999).
  14. Há pelo menos 15 referências dentro do jogo ao número sete: AVALANCHE está no setor 7 de Midgar / o bar da Tifa é chamado 7th Heaven / no início do jogo, sete pessoas estão perto do 7th Heaven / os livros da mansão Shinra formam um “VII” / o avião vermelho do Costa Del Sol tem o “VII” pintado / Gold Saucer tem sete áreas de atrações / a Ancient Forest tem sete tesouros / Aeris e Ifalna foram mantidas em cativeiro pelo Hojo por sete anos / Cloud saiu de Nibelheim para entrar na SOLDIER há sete anos / Tifa fica sete dias inconsciente / deixando o personagem com o HP 7777, ele atinge o status All Luck 7 / Red XIII diz que o Meteoro vai chegar ao planeta em sete dias / Cloud chega ao nível sete depois da primeira batalha / a maioria dos personagens possuem sete limit breaks, excetuando Cait Sith e Vincent / há sete personagens obrigatórios ao longo da história, os outros dois são opcionais.
  15. Na época, o jogo custou US$ 45 milhões, ou cerca de R$ 141 milhões na atual conversão dos valores. Chega no mesmo patamar de GTA V, que custou US$ 137 milhões.
  16. O jogo tem uma sequência direta chamada Dirge of Cerberus, que é focada no personagem vampiro Vincent. Chegou em 2006 para PS2.
  17. Crisis Core é uma sequência de 2007 lançada para o portátil da Sony, o PSP. Ele conta a história de Zack, o antecessor de Cloud na SOLDIER, antes dos eventos de Final Fantasy VII.
  18. G-Bike é um mini-game baseado no jogo original e lançado em 2014 para iOS e Android.
  19. O filme Last Order, de 2005, também conta a história de Zack antes de Cloud e é uma animação.
  20. Final Fantasy VII vendeu 11 milhões de cópias, sendo o episódio isolado da série mais bem-sucedido da história.
20 curiosidades sobre Final Fantasy VII em seus 20 anos

Gostou dos números? Ouça a trilha de FFVII e veja a sequência de abertura para matar as saudades.

Conheça GUTS, o jogo brasileiro que foi ao EVO, maior evento de games de luta

Breves considerações sobre o game desenvolvido pelo Flux Game Studio de São Paulo

Conheça GUTS, o jogo brasileiro que foi ao EVO, maior evento de games de luta
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

GUTS é um acrônimo (junção de primeiras letras de uma expressão) para GORE ULTIMATE TOURNAMENT SHOW. Trata-se de um game que começou a ser exibido publicamente no BIG Festival 2016 já com competição aberta ao público.

Conheça GUTS, o jogo brasileiro que foi ao EVO, maior evento de games de luta

Ele é um jogo de luta de desmembramento. O que isso significa? Se o seu lutador for atingido por golpes mortais, geralmente executados com o comando de especial, ele pode perder um braço ou uma perna. Ganha a luta quem arrancar todos os membros até chegar na cabeça, parecendo o filme de comédia Monty Python: Em Busca do Cálice Sagrado.

Os comandos de GUTS lembram Street Fighter na defesa simples ao recuar e a estética de Mortal Kombat, ao exibir muito sangue na tela.

O responsável pelo jogo é Paulo Luis Santos, que foi jornalista de games, e é dono da empresa Flux Game Studio, que fica num sobrado na Vila Madalena. Paulão coordena um time de designers, programadores e artistas que já possuem experiência com jogos corporativos e advergames. É deles, antes de GUTS, o game V de Vinagre em homenagem aos protestos contra o aumento das passagens de ônibus e metrô em São Paulo no ano de 2013.

Conheça GUTS, o jogo brasileiro que foi ao EVO, maior evento de games de luta

Na foto: Paulão é o careca, ao centro

Em 2017, GUTS tornou-se mais famoso ao promover seu primeiro torneio valendo uma ótima premiação. Quem esteve no BIG Festival, maior evento de jogos independentes na América Latina em SP, pôde participar da competição valendo um PlayStation 4. O vencedor foi um ex-pro-player (jogador profissional) de Street Fighter brasileiro chamado ChuChu.

Não bastasse tamanha exposição, GUTS ainda foi levado até Las Vegas, nos Estados Unidos, para exibição no EVO. Para quem não conhece, trata-se da maior competição de jogos de luta do mundo, que reúne Street Fighter, Mortal Kombat, Super Smash Bros e diversas categorias profissionais.

GUTS é, portanto, uma grande aposta brasileira num gênero competitivo que é sensação entre os gamers desde a década de 1990. E em cerca de um ano, nosso produto nacional já chegou no maior evento do setor.

Confira os vídeos para entender o game, logo abaixo.

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
pedrozambarda
Escreve desde os 8 anos. É editor do Geração Gamer e Drops de Jogos, além de ser repórter do Diário do Centro do Mundo.