POLÍTICA

Saiba sete grampos que mostram o quanto Aécio está enrascado na Justiça

Pedro Zambarda de Araújo
Author
Pedro Zambarda de Araújo

Alvo da delação da JBS, o senador Aécio Neves pode ser preso ou perder seu mandato de vez nos próximos dias. Confira sete gravações feitas por Joesley Batista e por executivos de suas empresas que comprometem o tucano.

Saiba sete grampos que mostram o quanto Aécio está enrascado na Justiça

1 - O senador Aécio Neves (PSDB) pediu R$ 2 milhões referentes a sua dívida de campanha. Ele pede a Joesley Batista da JBS. O empresário sugere ou mandar um homem, ou eles próprios tratarem da propina, grampeando Aécio. Aécio diz neste áudio que vai enviar seu primo Fred (Frederico Pacheco de Medeiros) para receber o dinheiro. E sugere que ele pode ser morto antes de delatar.

2 - Aécio tentou intimidar deputado Rogério Corrêa, do PT, que o denunciou na Lista de Furnas. Ele fala com o petista Gabriel Guimarães e pede o favor com o governador Fernando Pimentel, do mesmo partido.

3 - O senador pede ajuda ao ministro do STF, Gilmar Mendes, para livrá-lo de acusações. Ele solicita uma ligação ao senador tucano Flexa Ribeiro, para votar em conjunto contra a questão do abuso de autoridade no Congresso.

4 - Andrea Neves, operadora de Aécio, liga para o senador para achacar o assessor do governador do Paraná, Beto Richa, chamado Valdir Rossoni. O político denunciou propinas da Odebrecht que supostamente abasteceram Aécio Neves no exterior. Em seguida ele cobra Richa.

5 - Aécio fala da suposta fragilidade de Eunício Oliveira e Rodrigo Maia no Congresso para aprovar as reformas do governo Temer. Ele fala com o empresário Joesley Batista sobre as votações.

6 - Aécio Neves negocia com Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da Record, uma entrevista de Michel Temer. Com o ministro Moreira Franco, da Casa Civil, ele vê uma negociação com a Caixa Econômica Federal para a televisão do bispo Edir Macedo.

7 - Com o senador Zezé Perrella, Aécio reclama de uma entrevista na rádia Itatiaia em que ele não o protegeu. Lembra das campanhas dele, do senador e de Antonio Anastasia, que receberam o mesmo financiamento. Ao relembrar do escândalo do Helicoca, Zezé falou uma frase a ser imortalizada: "eu não fiz nada errado. Eu só trafico droga". Aécio Neves dá risada nesta parte, que aparece no minuto três.