OUTROS

As fases de morar sozinho

Pilar Magnavita
Author
Pilar Magnavita

Chegar em casa, sair tirando a roupa desde a porta de entrada e enfeitar o caminho até o quarto com todo aquele monte pano que usamos na rua todos os dias. Nada parece tão animador depois de um dia de muita labuta. E só dá para fazer isso porque não há ninguém dividindo a casa contigo, com aquele olhar repressor ou com a expressão de quem pensa em te internar no primeiro instante. Sim! Morar sozinho é a glória! Pelo menos, é a glória na maioria das vezes.

Quando a gente sai de casa dos pais para viver só ou depois de viver com outra pessoa (seja amigos ou esposa/marido), ninguém te fala o que te espera. Ninguém te conta que morar sozinho é uma arte que demoramos muito a dominar.

Etapa 1: À volonté

A primeira coisa que experimentamos é a liberdade e nada é tão icônico quanto a liberdade do próprio corpo! Descobrimos o prazer de ficar à vontade, usar coisas velhas e confortáveis (às vezes até rasgadas), andar pela casa peladão... Só não esqueça de fechar a cortina! Os outros não têm nada a ver com suas intimidades, né?!

Coçamos coisas...

...filosofamos no banheiro de porta aberta...

As fases de morar sozinho

...cozinhamos muito à vontade...

E depois que a gente experimenta essa liberdade toda, vem a segunda fase.

Etapa 2: festas

Tudo é motivo para chamar os amigos. Inicialmente, você faz váaarias festas de open house, um para cada patota. Porque sua expectativa é essa:

Mas a realidade é bem outra.

Você permite que a galera enlouqueça na sua casa.

Até porque ainda não há móvel nenhum.

As fases de morar sozinho

Aí, você vai enchendo a casa aos pouquinhos, até que as grandes festas já não são tão bem-vindas assim. Por quê? Porque você terá que limpar tudo no dia sguinte. E sozinho! 

As fases de morar sozinho

É quando você percebe que não tem mais mamãe por perto ou aquele colega de apê bacana super limpinho, que organiza as coisas, ou mesmo a esposa que curte manter a casa limpa. E como tudo o que está novinho foi você quem pagou, você também dá mais valor ao seu rico dinheirinho e evita situações que podem destruir seu parco patrimônio.

Como as festas saem muito caras, você passa de fase na vida de solteiro.

Etapa 3: nojentices

Você ainda não aprendeu que para comer bem é preciso cozinhar, até porque não aprendeu a comprar coisas para a geladeira, já que não inventaram uma com geração espontânea de comida (só de bactérias). Não aprendeu que para ter roupas limpas é preciso lavá-las. As festas já se foram, mas você ainda não entendeu que a casa não vai se organizar sozinha. 

O seu jantar é um saco de porcarias.

Você é capaz de passar o fim de semana inteiro com a mesma roupa.

As roupas se acumulam na cama, mesmo com você indo dormir toda noite nela.

As fases de morar sozinho

Você compra copos e pratos de plástico para não ter que lavar a louça. E o banheiro começa a ficar impraticável.

Aí você cai em si (até porque as minas estão fugindo do seu apartamento ou os rapazes não curtiram muito sua vibe não).

As fases de morar sozinho
As fases de morar sozinho

Não é nada bonito. É quando você entra na quarta fase.

Etapa 4: Virando adulto

Talvez você só vire um adulto de verdade aos 30 e poucos anos, mas, enfim, essa fase chegou. A vida acumula mais responsabilidades do que alegrias e agora você tem metas que muitas vezes é de não mais permanecer morando sozinho.

Você acaba organizando seus horários melhor e passa a buscar uma vida mais saudável.

As compras são mais diversificadas e você já busca produtos de qualidade por bons preços.

Os amigos vão para sua casa para jogar video-game.

Ou azamiga vão para uma noite de meninas.

Até porque você passou a economizar uma grana deixando de comer fora, né?!

Até que, um dia, quando menos espera, você passa para a próxima etapa.

E aí todo seu sonho de morar sozinho deixa de existir, como mágica.

#morarsozinho #solteiro #viversó