Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

4 coisas que você nunca deve comer logo antes de dormir

4 coisas que você nunca deve comer logo antes de dormir
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Insônia tem vários motivos, mas muitos casos têm a ver com o que as pessoas comem à noite, pouco antes de dormir. É que muita gente não sabe, mas há um número grande de alimentos que não devem ser consumidos se você quer ter um sono tranquilo. E os motivos são diferentes. Olha só alguns deles:

1. Álcool

Bebidas alcoólicas reduzem o sono REM,que é aquele em que a gente sonha. Sem falar que álcool é diurético, então pode ser que você tenha que levantar no meio da noite e correr para fazer um pipizinho. E se você não estiver devidamente hidratado, vai ter que fazer mais xixi do que o normal mesmo depois de só uma cervejinha.

2. Chocolate escuro

Vale para chocolate meio amargo, amargo e qualquer alimento com cafeína, porque o chocolate escuro contém cafeína e teobromina. Cafeína todo mundo conhece, né? Faz a gente ficar mais alerta mesmo. E a teobromina acelera os batimentos cardíacos e dá uma sensação de inquietação. Como é que alguém consegue dormir assim, né? E tem mais uma coisa que pouca gente sabe: o ideal mesmo é não consumir isso até seis horas (!!!) antes de dormir.

3. Alimentos gordurosos e apimentados

Comidas assim tendem a causar azia, o que vai te impedir de dormir ou te fazer acordar no meio da noite. Então se você dorme cedo, corte o bacon à noite.

4. Alimentos ricos em proteína

Muita proteína estimula a hipocretina no cérebro. A hipocretina, também conhecida como orexina, que é um neurotransmissor que regula a excitação e o apetite. Um estudo mostrou que injetar hipocretina em ratos deixou os bichinhos mais ativos, enquanto outros estudos revelaram que pessoas sem hipocretina suficiente sofrem de narcolepsia, um distúrbio que costuma deixar as pessoas com sono excessivo - até durante o dia.

5 técnicas de respiração para melhorar a qualidade de vida (e até o sexo!)

5 técnicas de respiração para melhorar a qualidade de vida (e até o sexo!)
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Cada pessoa respira entre 10 e 20 ml vezes por dia. Coisa que a gente faz sem perceber, né? E também sem a mínima consciência de quanto nossa vida pode ser melhor se a gente souber algumas técnicas porque, na verdade, a respiração consciente por ser benéfica até para a vida sexual. Quer ver só?

1. Para controlar o estresse no trabalho

Uma técnica muito comum para evitar estresse e ansiedade no trabalho é respirar três vezes profundamente. Isso vai relaxar os músculos da face, do pescoço e dos ombros. Assim, o cérebro pode pensar mais racionalmente.

2. Contra a insônia

Segundo Neema Roraveji, do Laboratório de Tecnologia Calmante da Universidade de Stanford, nos EUA, existe um exercício respiratório muito eficiente para o sono. Ele recomendar inspirar por quatro segundos, reter o ar por mais quatro segundos e passar mais quatro segundos soltando o ar. Experimente fazer isso durante dois minutos, e seu sono será outro.

3. Para melhorar o sexo

A respiração certa é essencial para quem tem dificuldade de chegar ao orgasmo. Os especialistas recomendam respirar de maneira profunda e pausada, enchendo os pulmões por inteiro e deixando o ar sair lentamente pela boca entreaberta. Esse tipo de respiração ajuda a concentrar nas sensações, no corpo e no presente. Assim, é mais fácil apreciar o momento inteiramente. Especialistas dizem também que a respiração profunda pode ajudar a prolongar uma sessão de sexo se o homem sofrer de ejaculação precoce.

4. Contra ataques de pânico

Quando estamos nervosos, nossa respiração se encurta. Em ataques de pânico, soltamos menos ar, e nossos pulmões recebem menos oxigênio. Respirar de maneira lenta e profunda é uma técnica para superar crises assim. Deve-se se inspirar e expirar em ciclos de seis segundos durante um minuto. Depois, é preciso segurar o ar por dez segundos e, então, reiniciar o ciclo de seis segundos até que desapareçam os sintomas de pânico e estresse.

5. Para se recuperar do cansaço muscular

Especialistas dizem que o início do cansaço muscular provoca o aumento da ventilação. Por isso, é necessário aumentar o uso da respiração abdominal: deixar ao abdômen encher-se de ar e fazer com que a barriga expulse o ar. É preciso flexionar o tronco para a frente, apoiar as mãos nos joelhos e, em seguida, levantar os braços durante a respiração.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.