Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Esse molho muito comum leva mais sal do que um hambúrguer do McDonald's

PrincessButtercup
há 14 dias20.3k visualizações

Um grupo britânico preocupado com os efeitos do sal que podem ser prejudiciais à saúde chamou a atenção para um tipo de molho muito comum nas prateleiras dos supermercados e que contém uma quantidade absurda de sal.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Esse molho muito comum leva mais sal do que um hambúrguer do McDonald's

O grupo, chamado Consensus on Salt and Health (Consenso Sobre Sal e Saúde, ou Cash, na sigla em inglês), avaliou várias marcas de molho pesto e constatou o mesmo em todas elas - embora em diferentes níveis. Algumas das marcas mais populares eram 30% mais salgadas do que água do mar e e 250% mais salgadas do que 100 gramas de amendoim.

No caso da marca Sacla, difícil de ser encontrada nos mercados brasileiros, a fabricante aumentou a quantidade de sal em seu molho pesto desde 2009 e hoje oferece 1,5 grama de sal por porção. Isso é mais do que um hambúrguer do McDonald’s. No geral, 44% dos molhos pesto vendidos na Grã-Bretanha têm gordura saturada em quantidade tão grande que precisam ser vendidos com uma tarja vermelha na embalagem.

Esse molho muito comum leva mais sal do que um hambúrguer do McDonald's

Molhos com grandes quantidades de sal são um risco especialmente para crianças, segundo o grupo Cash, já que aumentam o risco de jovens desenvolverem pressão alta e, mais tarde, de sofrerem derrames e ataques cardíacos.

Independentemente de região ou marca, vale a pena nós, aqui do Brasil, também ficarmos de olhos nas quantidades de pesto, que é quase sempre o molho mais salgado vendido nos mercados. Além de conferir a quantidade de sal na embalagem, é recomendado consumir pesto em porções menores ou com menos frequência. Fique ligado!

Ele comeu só batatas durante um ano e emagreceu 50 quilos

PrincessButtercup
há 23 dias29.7k visualizações

Um cidadão australiano chamado Andrew Flinders Taylor decidiu que passaria um ano comendo apenas batatas e que perderia peso assim. O resultado? Emagreceu 50 quilos. CIN-QUEN-TA!!! Aposto que você ficou intrigado, né? Afinal, nenhum médico, nutricionista nem ninguém parecido recomendaria algo assim. Mas funcionou. Quer saber como?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Ele comeu só batatas durante um ano e emagreceu 50 quilos

Antes de mais nada, fique sabendo que Andrew só começou a dieta depois de ler várias pesquisas e montar um plano com a ajuda de um médico e um dietista. Ou seja, não aconteceu nada por acaso. E por que batatas? Porque ele acreditava que podia obter tudo que precisava com só esse alimento.

Em uma entrevista ao jornal britânico “The Independent”, Andrew explicou que estava obtendo, em sua dieta, mais de 600% da ingestão recomendada de ferro e 400% de vitamina C, além de muita fibra - só com batatas. Segundo ele, todos especialistas diziam que ele teria níveis baixíssimos desses três componentes se não comesse outra coisa.

A única preocupação durante a dieta era a ingestão de cálcio porque batatas têm muito pouco da substância. Para compensar, o australiano passou a usar uma espécie reforçada de leite de soja para fazer purê de batatas. Resolvido o problema. Em sua conta no Facebook, Andrew registrou a enorme perda de peso. Saiu de 151,7 quilos para 101,5 quilos em nove meses.

Se você continua intrigado, aqui vão informações essenciais: batatas contêm todos aminoácidos essenciais para a formação de proteínas e combater doenças, mas comer apenas batatas resultaria em deficiência de vitaminas. Por isso, Andrew incluiu batatas doces na dieta. Elas têm alto conteúdo de vitaminas A, E e C. Além disso, o australiano passou a fazer exercícios. Depois do primeiro mês, pedalou uma hora e meia por dia.

Resumindo? Como Andrew diz no vídeo acima, batatas são saudáveis e, por si só, não engordam como muitos acreditam. E vale reforçar que o australiano não fez nenhuma maluquice e consultou profissionais antes de começar sua experiência. Então, amigo leitor, se você quiser tentar algo parecido, consulte um médico primeiro.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.