Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Felicidade a um cochilo de distância: estudo prova efeito de 30 minutos de sono

PrincessButtercup
há 6 meses397 visualizações

Virou modinha chamar de “power napping”, mas no fundo é simplesmente um cochilo de meia horinha. Nome sofisticado ou não, esse sono é importantíssimo. Um estudo britânico recente apontou que esse cochilo não só te ajuda a encarar o resto do dia como faz pessoas mais felizes.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Felicidade a um cochilo de distância: estudo prova efeito de 30 minutos de sono

O estudo contou com a participação de mais de mil pessoas de várias idades respondendo um questionário online para o Festival Internacional de Ciência de Edimburgo. Os resultados apontaram que o nível de felicidade dessas pessoas variava de acordo com o cochilo durante o dia.

Os participantes foram divididos em três grupos: os que não cochilaram; os que cochilaram por até 30 minutos; e os que cochilaram por mais de 30 minutos. Os pesquisadores analisaram as respostas e observaram que 66% das pessoas que cochilavam por 30 minutos ou menos não só aumentavam sua produtividade como se sentiam mais felizes.

O número equivalente era de 60% para quem não cochilava e de 56% para quem dormia por mais de 30 minutos durante o dia. Além disso, na escala de felicidade de 5 pontos, quem cochilou por 30 minutos ou menos teve média de 3,67 - contra 3,53 de quem não cochilou e 3,44 para quem cochilou por mais de meia hora. 

Já pensou em malhar numa prancha? Conheça o floating fitness!

PrincessButtercup
há 7 meses308 visualizações

O mundo das academias nunca para de desenvolver novidades para atrair público e criar maneiras diferentes de você se exercitar. A última dessas novidades é o floating fitness. Sim, é o que você está pensando: fitness flutuante. 

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Já pensou em malhar numa prancha? Conheça o floating fitness!

Mas como isso funciona? Em uma piscina, a academia instala uma série de “tapetes flutuantes” chamados “aquabase”. Esses tapetes são, na verdade, pranchas retangulares. Em cima deles, são realizados exercícios de ioga e de força como abdominais e flexões.

Essa “aula”, chamada “Holy Water” (algo como “água sagrada” em português), é oferecida numa academia de Nova York chamada TMPL Gym, que fica na região de Hell’s Kitchen, em Manhattan. 

Um dos exercícios exige que os alunos balancem suas pranchas e criem ondas para derrubar outros alunos. É preciso força nas pernas e bastante equilíbrio para não dar um mergulho forçado.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.