Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Bem-estar
ic-spinner
Everyone has a story to tell
Find the best stories to read and people to follow. Get inspired and start writing great stories yourself or with your friends. Share and let the world know.

Por que um estudo afirma que você precisa de pimenta pra viver mais

Red hot chilli peppers fazem você viver mais. Eu acreditaria sem pestanejar se estivessem me falando da banda de Anthony Kiedis e Flea, mas não é o caso. O jornal da Public Library of Science afirma que pimentas chili vermelhas podem ter relação com a longevidade.

Collaborate with friends on topics you love
Request co-authorship ▸
Por que um estudo afirma que você precisa de pimenta pra viver mais

O estudo aponta que consumo de pimentas chili vermelhas pode aumentar sua vida em até 13%. N caso do Brasil, isso dignificaria uns 10 anos a mais de vida. O resultado foi alcançado depois de mais de 16 mil adultos serem entrevistados sobre seus hábitos alimentares e seu estado de saúde entre 1988 e 1994. Todos foram acompanhados durante 18 anos.

Os resultados foram os seguintes: pessoas que comiam pimentas chili vermelhas com frequência tiveram uma taxa de mortalidade de menos de 22%; e pessoas que não consumiam o mesmo tipo de pimenta tiveram taxa de mortalidade de 33%. 

Não é a primeira vez que a capsaicina - componente ativo da pimenta chili e de outras pimentas - tam suas propriedades benéficas exploradas por cientistas. Em dezembro de 2016, cientistas da Universidade Ruhr em Bochum, na Alemanha, trataram células cancerígenas humanas com capsaicina para tentar entender sobre seu poder de combater o câncer.

Em 2009, um estudo na Índia apontou a relação inversa entre a produção de pimenta e casos de câncer e, em 2015, uma pesquisa realizada na China constatou uma relação inversa entre o consumi de pimenta chili e a mortalidade em geral.

Tudo pela saúde: café londrino deixa você pagar pelo almoço fazendo exercício

É o melhor cenário possível. Tão bom que é até difícil acreditar que aconteceu. Mas é verdade, aconteceu. Um café de Londres deixou que seus clientes pagassem pelo almoço fazendo exercício. O pessoal primeiro malhou, depois comeu e saiu sem gastar um centavo.

Collaborate with friends on topics you love
Request co-authorship ▸
Tudo pela saúde: café londrino deixa você pagar pelo almoço fazendo exercício

Mas como isso é possível? Bom, foi uma ação publicitária com a intenção de incentivar um estilo de vida saudável. E o café “Run For Your Bun” funcionou por dois dias em Londres com a intenção de encorajar trabalhadores sedentários a encaixar algum tipo de exercício em seu dia a dia.

Funcionou assim: quem chegava ao café fazia o pedido no balcão e ganhava um “recibo” com a lista de exercícios que precisava fazer. Um personal trainer acompanhava tudo e, ao fim, o cliente recebia seu almoço. 

Tudo pela saúde: café londrino deixa você pagar pelo almoço fazendo exercício

A série de exercícios consistia de remada, abdominal, pedalada, agachamentos e corrida na esteira. O cliente precisava fazer um minuto de cada com intervalos de 30 segundos antes de mudar de aparelho.

A mensagem é clara: não saia da cama e passe seis horas sentado porque isso faz mal a você. Encontre uma atividade, acaba com o sedentarismo. E se a comida for de graça (e saudável!), melhor ainda, não?

You've read the story folder
Story cover
written by
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.