Dolce Vita
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Dolce Vita
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Dolce Vita
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

3 receitas de comidinhas de boteco para vegetarianos

PrincessButtercup
há um ano16 visualizações

Cansado de ter que acompanhar os amigos nos bares e ter que ficar apenas na batata ou aipim frito? Pois aqui vai uma solução bacana: convide a galera para sua casa e promova um botequim informal com a cozinha vegetariana. São quatro receitas de bolinhos incríveis que nem os seus amigos irão dispensar. Ligue o som, invista na cerva, abra as janelas e chame a vizinhança porque aqui lá seguem dicas valiosas do Dolce Vita:

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

#1 Bolinho de arroz integral

3 receitas de comidinhas de boteco para vegetarianos

Um dos meus preferidos! Fica super crocante. Com 300g do arroz que sobrou de ontem, acrescente 120g de parmesão ralado, 75g de farinha de trigo integral, meia xícara de ervas picadinhas (tomilho , cheiro verde e salsinha), uma colher e meia de chá de fermento e um ovo.

Não tem mistério! É só misturar tudo numa maçaroca, fazer bolinhos e colocar no forno pré-aquecido por 20 ou 30 minutos. Quem tiver gula de queijo, ainda vale dar uma passada da bolinha no parmesão em pó (aquele normal, industrializado de saquinho).

Fica bem bom e a prova é que sempre acaba rapidinho!

#2 Bolinho de batata recheado com chili (vegano)

3 receitas de comidinhas de boteco para vegetarianos

Primeiro, é necessário preparar o chili. Você vai precisar de 3 conchas de feijão vermelho cozido (pode ser também o marrom, carioca), uma xícara de soja miúda hidradata, uma colher de óleo, um tomate sem pele picado, uma cebola média picada, três dentes de alho amassados, uma xícara de extrato de tomate, uma colher de sobremesa de coentro, três colheres de sopa de cebolinha e salsinha e pimenta jalapeña, do reino ou chili em pó (tempero pronto).

Inicialmente, refogue o alho e a cebola no óleo; adicione a soja já hidratada e escorrida, o coentro à gosto e o tomate sem pele picado. Depois de alguns minutos, coloque o feijão, o molho de tomate, cebolinha, salsinha, e a pimenta. Acerte o ponto do sal! Deixe refogar por uns cinco minutos e reserve.

Para o bolinho, ferva cinco batatas médias sem casca com água e sal até ficarem bem molinhas. Depois, faça um purê. Acrescente 200g de queijo ralado, uma colher de sopa cheia de manteiga, meia xícara de chá de farinha de trigo até formar uma massa que desgruda da sua mão. Abra os bolinho, recheie com uma colher de chá de chilli e empane na farinha de rosca sem ovo. Depois é só fritar. 

#3 Polenta crocante (vegana)

3 receitas de comidinhas de boteco para vegetarianos

Você vai precisar de duas xícaras de fubá, quatro colheres de sopa de óleo, um litro de água fervente, meia colher de sopa de sal, três dentes de alho amassados, uma cebola pequena ralada.

Dissolva o fubá em 2 copos de água fria, leve a panela em fogo médio e adicione o óleo, cebola, alho e o sal. Mexa bem até dourar. Em seguida acrescente o fubá já diluído (na água toda), mexendo de preferência com uma colher de pau por mais ou menos 15 minutos, até obter uma consistência bem firme na polenta. Despeje em uma travessa e deixe esfriar, corte em pedaços, passe no fubá (com os pedaços ainda mornos) e frite em óleo bem quente.

#4 Empadinhas de palmito (vegana)

3 receitas de comidinhas de boteco para vegetarianos

Para a massa, duas xícaras de farinha de trigo, meia xícara de azeite extra virgem, uma pitada de sal, meia xícara de água, uma colher de fermento químico, quatro colheres de sopa de aveia, uma pitada de açafrão, molho shoyo para o toque final.

Para o recheio: um vidro de palmito do bom! Uma cebola grande, um tomate picado, duas colheres de sopa de azeite extra virgem, uma pitada de pimenta do reino, água para cozimento, uma colher sopa de aveia.

Comece pela massa. Misture a aveia com água, acrescente o azeite, sal e temperos, acrescente a farinha, fermento e misture até ficar homogêneo, embrulhe a massa em um plástico e guarde na geladeira por volta de 30 minutos

Aí vem o recheio: refogue o palmito picado com cebola, junte água quando necessário, quando estiver cozido, acrescente azeitonas verdes picadas, tomate maduro picado ,sal e pimenta do reino a gosto e misture

Montagem – divida a massa em 2 partes, Amasse com rolo, coloque metade da massa na forma, recheie e cubra com a outra metade da massa . Pincele com molho shoyu. Asse por 40 minutinhos.

#comidinhasdeboteco #bolinhosvegetarianos #receitasveganas 

5 lições do jantar de US$ 6 de Obama e Bourdain no Vietnã

Tapa Da Pantera
há um ano23 visualizações

Enquanto Donald Trump e Hillary Clinton se engalfinham na corrida presidencial americana, Barack Obama, o dono daquela cadeira importante da Casa Branca, vem curtindo os últimos meses de mandato fazendo um pouco de tudo. O presidente foi o astro do primeiro episódio da nova temporada de Parts Unknown, série da CNN com o chef Anthony Bourdain, que viaja pelo mundo provando todo tipo de culinária.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Os dois se encontraram no Vietnã (coisas de agenda de gente importante), comeram num restaurantezinho local, sem nenhuma espécie de requinte presidencial, e pagaram seis doletas (uns R$ 20) na conta. Quem viu - ou quem estiver lendo isso aqui - aprendeu algumas coisinhas.

1. Comida boa não precisa de luxo 

Obama e Bourdain comeram num restaurante pequenininho, sentados em banquinhos de plástico, tomaram cerveja local e acharam a comida deliciosa. O prato da noite foi o bun cha, que tem pedaços de porco marinados e mergulhados num molho junto com noodles de arroz, ervas e uma (opcional) pimentinha.

2. Obama mergulhou de cabeça na experiência 

The President's chopstick skills are on point . #buncha #hanoi

A photo posted by anthonybourdain (@anthonybourdain) on

Em um momento, Bourdain fala da pimenta a gosto no bun cha e dá uma saída para Obama, dizendo que se ele tivesse um encontro oficial ou algo importante a fazer depois, telvez fosse melhor evitar o condimento. O presidente não tava nem aí. Disse “vamos fazer o que é apropriado” e provou a comida como deveria ser provada. Inclusive colocando os noodles com a mão. Sem frescura.

3. Nem todo encontro com um governante precisa ser “oficial”  

5 lições do jantar de US$ 6 de Obama e Bourdain no Vietnã

Sim, fazia parte de um programa de TV e o convidado era mais do que especial, mas Bourdain deixou claro que não era uma entrevista. O encontro deveria ser uma refeição com um papo informal e foi assim que aconteceu. O chef inclusive perguntou se Obama sentia falta de poder ir a um bar por conta própria e tomar uma cerveja, e o presidente respondeu rapidinho: “seis meses”. É o que falta para acabar seu mandato.

4. Comer em paz é essencial 

5 lições do jantar de US$ 6 de Obama e Bourdain no Vietnã

A entrada de Obama no restaurantezinho foi tumultuada, e o pessoal do serviço secreto americano não ficou lá muito feliz com a escolha do local, mas uma vez que a gravação começou, todo mundo comeu em paz - inclusive os outros fregueses não pareciam estar nem aí para a celebridade.

5. Viajar é importante 

5 lições do jantar de US$ 6 de Obama e Bourdain no Vietnã

Obama diz que viajar “confirma uma verdade básica de que as pessoas são iguais em toda parte”. Bourdain, por sua vez, diz que mais americanos deveriam ter passaporte. Para o chef, entender como outros povos vivem “é útil na pior das hipóteses e incrivelmente prazeiroso na melhor delas.” 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.