Dolce Vita
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Dolce Vita
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Dolce Vita
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

Tapa Da Pantera
há um ano34 visualizações

Cerveja nunca foi tão cool e cult quanto nos dias de hoje. O crescimento das cervejarias artesanais e a popularidade dos vários estilos diferentes da bebida fizeram o mercado explodir.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Pilsen, Bock, Stout, Weizen, Dunkel, Dunkelweizen, Wit, Pale Ale, IPA, Pale Lager, Dubbel, Trippel, Quadruppel, Trapista… Não importa sua preferência, há cerveja de todos os tipos a todos os preços e com todo tipo de ingrediente diferente onde quer que você vá. E se você gosta de viajar, fique de olho nessas sete cervejas mais do que especiais.

1. Way Amburana Lager (Curitiba, Brasil) 

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

É a única brasileira da lista, então vale prestar atenção nessa lager que tem 8,4% de teor alcoólico que usa amburana para dar sabor. E se você não sabe o que é amburana, não se preocupe: quase ninguém sabe mesmo. É um tipo de árvore comum no Brasil. Na cerveja, proporciona um sabores apimentados e de canela.

2. Mantra Brewing Saffron IPA (Nashville, EUA) 

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

Notas de açafrão e cardamomo se destacam aqui. Stephen Beaumont, autor do livro The World Atlas of Beer, diz que o melhor lugar para consumi-la é a Chauhan Ale & Masala House. Lá, essa IPA casa perfeitamente com pratos indianos como o tandoori chicken poutine.

3. Pliny The Younger (Santa Rosa, EUA) 

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

É uma IPA mais leve e produzida em quantidade super limitada. Em fevereiro, uma festa anual na cervejaria Russian River Brewing Co. marca seu lançamento. Também é possível encontrá-la no norte da Califórnia, mas não há garantias, já que são poucos bares que recebem uma quantidade pequena da Pliny the Younger.

4. Marston’s Pedigree (Burton-Upon-Trent, Inglaterra) 

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

Burton-Upon-Trent é onde nasceu o estilo pale ale. Lúpulo picante e notas frutadas bastante leves são a marca da Marston’s Pedigree.

5. Wisconsin Belgian Red (New Glarus, EUA) 

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

Uma cerveja frutada, feita com cerejas Montmorency cultivadas no Condado de Door, no estado americano de Wisconsin.

6. De la Senne Bruxellensis (Bruxelas, Bélgica) 

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

Uma lista de cervejas não pode deixar de ter uma belga, embora a Bruxellensis não é das mais tradicionais. Trata-se de uma cerveja amarga com uma espécie de “aroma de feno molhado” que faz um sucesso enorme na cidade.

7. Spezial Rauchbier (Bamberg, Alemanha) 

7 cervejas raras que todo mundo deveria provar

E se tinha Bélgica e Inglaterra, uma cerveja alemã se faz igualmente obrigatória neste rol aqui. A Spezial Rauchbier, uma cerveja defumada, é feita com cevada seca na chama aberta. A pegadinha é que por levar pouco malte e perder parte do sabor na garrafa, a Spezial merece ser bebida direto no salão da cervejaria alemã.

Cidade medieval na Bélgica inaugura primeiro ’cervejoduto’ do mundo

Tapa Da Pantera
há um ano38 visualizações

Bruges é uma daquelas cidadezinhas antigas e maravilhosas, onde tudo é conservado, e as ruas são de pedra, estreitinhas. Lindo para os turistas que vão à Bélgica atrás de chocolates e boa cerveja, mas péssimo para quem precisa entrar ou sair de bares e restaurantes com um caminhão.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Cidade medieval na Bélgica inaugura primeiro ’cervejoduto’ do mundo

Só que uma cervejaria da cidade encontrou uma maneira de contornar o problema dos gigantes de 18 rodas entrando e saindo da cidade, correndo risco de danificar alguma estrutura histórica. A solução? Um cervejoduto! Sim, uma tubulação subterrânea como qualquer gasoduto ou oleoduto comum leva a cerveja fabricada no bar até o local onde ela é engarrafada.

Toda bebida é produzida dentro da própria cervejaria Halve Maan, na parte histórica de Bruges, mas engarrafada para exportação e veda fora da parte histórica da cidade. O “cervejoduto” tem cerca de três quilômetros de extensão e custou 4 milhões de euros.

Mas como uma cervejaria pequena conseguiu bancar essa obra? Simples: oferecendo cerveja grátis para o resto da vida! Mais de 500 pessoas contribuíram em um projeto de crowdfunding que oferecia recompensas proporcionais ao valor investido. Quem deu o valor mínimo vai receber um pack por ano, sempre no aniversário. Quem contribuiu com o valor máximo pedido pela cervejaria tem direito a uma garrafa por dia até o fim da vida.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.