Dolce Vita
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Dolce Vita
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Dolce Vita
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Viver sob o mesmo teto dos pais tem vantagens que a gente só descobre depois que partimos para outro teto. Pra falar a verdade, quando vamos morar sozinhos. A gente descobre umas coisas muito doidas como o fato de a geladeira não se abastecer sozinha, que a roupa largada no chão não surge na gaveta lavada e passada por milagre e que só o arroz e feijão fresquinhos têm realmente gosto de comida.  Choque de realidade mesmo.

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Para mim, o baque maior entre todos os afazeres e cômodos da casa foi com minha alimentação, sem sombra de dúvidas. Para falar a verdade, quase oito anos depois de ter me casado e deixado o teto de mamãe ainda estou batendo cabeça com isso. É que cozinhar requer muita prática, muita boa vontade e muita paciência.

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

E também requer algumas dicas de madrinha, de gente que torce muito por ti! Sabe porque, amigo, porque as primeiras aventuras que você tiver nesse estranho mundo azuleijado e úmido não te trarão muita alegria no início. Eu, por exemplo, depois de engordar comendo porcarias (e evitando cozinhar), emagreci feliz não conseguindo comer o que eu preparava.

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Como a gente sabe que o drama não é fácil, listamos aqui sete dicas pra lá de importantes para você se sair melhor nessa missão masterchefiana de preparar as tuas refeições de todo dia. Vamos a elas:

#1 Ovos

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Utilizar ovos orgânicos ou verdadeiramente caipiras para garantir um bom sabor. QUanto mais avermelhada for a gema, melhor a galinha foi alimentada e mais nutritivo serea teu prato. Utilizar uma boa frigideira antiaderente e uma colher de manteiga ou um fio de azeite. Não bata os ovos antes e nem na frigideira para não ficarem com uma textura líquida/aguada. Ovos mexidos devem ser apenas mexidos no fogo. Salpique um pouco de sal e retire do fogo quando estiverem cozidos e ainda molengos. O ovo passa do ponto quando fica mais consistente. Acredite! Ah! O fogo é sempre baixo ou médio, viu?!

Dominou o ovo mexido? Então vamos para a omelete.

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Bata os ovos, acrescente parmesão ralado, sal e um cadinho de pimenta. Leve ao fogo numa frigideira com manteiga e depois que o fundo já estiver cozido, dobre ao meio. Dá para acrescentar uns tomatinhos picados, um alho-poró, peito de peru, moçarela...

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Evoluimos para a fritada! A que eu mais gosto é a tortilla espanhola, muito diferente da tex-mex. Cozinhe as batatas descascadas e cortadas em rodelas. Depois de cozidas (macias) leve ao azeite numa frigideira. Faça o mesmo processo do omelete (de bater os ovos) e depois, num refratário, jogue um fio de azeite, despeje as batatas e acrescente os ovos batidos. Eu gosto de colocar pimentões, tomate, cebola e queijo. Você já tem uma refeição completa!

#2 Cozinhando massa

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Ferva a água, jogue um punhado pequeno de sal, acrescente o macarrão. De início, você fará mais do que o necessário. Umas 180 gramas da massa seca já renderá um bom prato para você, porque o macarrão irá inchar e crescer. Cheque o ponto quando vir que a massa já aumentou de tamanho: prove e retire do fogo quando já não estiver dura. Não pode ficar borrachuda demais! O ideal é estar al dente (consistente).

#3 Um molho bacana para massas

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Esse é meu molho curinga para qualquer tipo de massa. Corto o bacon e pedaços pequenos (cubinhos ou tirinhas finas), frito numa panela sem óleo ou manteiga (a seco!) e acrescento o molho pronto de boa qualidade (são caros, mas valem o preço). Coloco meio tomate picado e deixo ele se desmanchar um pouco. Também é importante acrescentar um pouco de água. Se ficar muito aguado, deixe ferver em fogo alto para evaporar e condensar o molho. Umas folhinhas de manjericão caem muito bem, depois de desligar o fogo. Às vezes, também jogo umas lascas de parmesão e deixo derreter no calor do molho.

#4 Guardando alimentos

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Não se desespere se no início você estragar muita coisa. É que nem todos os alimentos ficam bem na geladeira e quase todos necessitam de embalagens corretas para armazenamento. Segue um tutorial ótimo para você:

#5 Panela elétrica

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Já imaginou jogar todos os ingredientes na panela e ela fazer toda a comida por você? Essa é a função da panela elétrica. Você não pode deixar de comprar uma! Claro que você não irã fazer um Filé Wellington nela, mas um arroz soltinho, um bolo, uns legumes, uma carne moída... Nossa! Dá para fazer muita coisa e ainda te dar tempo para viver as coisas importantes da vida. Você vai precisar de um livrinho de receitas só para ela.

#6 Fritadeira a ar

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Vai ser grande amiga tua e da tua saúde. Dá para fazer quase qualquer coisa nela, sem sujar a cozinha. E tudo fica com um gosto realmente muito bom. Falo por experiência própria. Faço desde batatas até pães de queijo nela.

#7 Arrumar as refeições

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

O segredo para dominar a cozinha é organizar a comida e as refeições diárias em potes. Do café da manhã até a janta, invista em potes com boa vedação para armazenar os cereaise ingredientes, além da comida pronta. Use os de vidro para guardar as refeições que serão levadas ao microondas e ao forno! Há vários no mercado hoje que já vem com tampa e que aguentam calor. Nada mais gostoso do que chegar em casa depois de um dia duro e só esquentar uma comidinha caseira, né?! A saúde agradece!

#8 Tenha sempre um pão

Oito dicas valiosas da culinária que ninguém te contou quando você saiu de casa

Pães como o Rap10, árabe e até mesmo o de forma integral são ótimos de se ter em casa porque há uma penca de receitas possíveis para usá-los. Assim como os ovos, são verdadeiros coringas na cozinha! Um Rap10, por exemplo, dá uma pizza super leve e saborosa. É possível fazer fajitas com tiras de carne e frango, além de um ótimo wrap de folhas com frutas e queijo. Maravilha, não?!

----------

#dolcevita #gastronomia #culinária #dicasdecozinha #dicasdeculinaria

Cinco receitas de caldinhos deliciosos para você se aquecer neste inverno

O frio parece ter chegado para a maioria das cidades brasileiras. As de Santa Catarina que o digam! Em Urupema, na serra catarinense, a temperatura mínima foi de 4,3°C negativos, a menor do Brasil. Até agora! Ainda nem entramos em junho e o ar polar atingiu nossos ares tropicais com tudo.

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Pois é! Chegou a hora de fazer aquele estoque de gordices na dispensa para uma temporada que casa perfeitamente com os novos episódios de Game of Thrones.

E para esquentar os ânimos e o coração, nada melhor do que cremes e sopas bem quentinhas, do jeito que vovó fazia. Com gosto de lar, chamegos e muito conforto. Pensando neste friozinho e nas muitas novidades do Netflix, que tal fazer uns caldinhos deliciosos e super práticos, para tomar debaixo do cobertor, jiboiando no sofá?

Juro que não vão tomar muito do teu tempo (ao menos não a maioria delas):

#1 Creme de ervilha no pão italiano

Cinco receitas de caldinhos deliciosos para você se aquecer neste inverno

De comer de joelhos, chorando e agradecendo a Deus!

Você vai precisar de: 400 gramas(s) de ervilhas partidas secas, 100 gramas(s) de manteiga, 150 gramas(s) de bacon cortado em cubinhos, 2 unidade(s) de folhas de louro, 1 unidade(s) de cebola media picadinha, sal, pimenta-do-reino moída na hora a gosto, caldo de carne a gosto, 100 gramas(s) de creme de leite fresco, pães italianos, 50 gramas(s) de manteiga, 2 colheres (sopa) de azeite de oliva.

A parte mais trabalhosa é amolecer a ervilha. Por favor, não use o grão em lata, porque não é a mesma coisa. Dá para deixar de molho por duas horas ou (se é afobada como eu) ferva na panela de pressão. A diferença é que a fervura levanta uma espuma danada! Mas se sua panela for boa, você não terá acidentes. Faça isso com um litro de água, por meia hora. Depois que ficar bem molinha, o resto é simples.

Você precisa cortar a tampa do pão italiano e retirar o miolo. Não jogue fora! Salgue um pouquinho e doure na frigideira com azeite. Ficarão torrados e deliciosos. O restante do pão, jogue uns fios de azeite dentro e leve ao forno para aquecer no fogo baixo.

Enquanto isso, você vai refogar a cebola com o bacon com a manteiga. Eu sei que o porco já libera a própria gordura, por isso, use só uma colher pequena de sobremesa de manteiga, apenas para a cebola não grudar no fundo. Acrescente a ervilha e o caldo de carne. Depois da refogada, bata no liquidificador com o creme de leite.

Retire o pão do forno, despeje o caldo e sirva com a torradinha de miolo e o queijo ralado em cima. Se quiser, dá para acrescentar cebolinha cortadinha e um pouquinho mais de bacon tostado.

Delícia!

#2 Sopa de cebola

Cinco receitas de caldinhos deliciosos para você se aquecer neste inverno

Um dos meus pratos franceses prediletos é o soupe de l'oignon au fromage gratinée. Ou, como o povo conhece: a sopa de cebola. Foi a comida dos pobres na França durante séculos, até chegar aos menus de 95% dos chefs parisienses hoje em dia.

Junte aí: 80g de manteiga e um pouco mais para as torradas, 4 cebolas descascadas e cortadas em fatias finas,1 colher de sopa de farinha de trigo,3 raminhos de tomilho (opcional),1 colher de sopa de vinagre balsâmico (opcional), 400ml de vinho branco ou cidra, 600ml caldo de carne caseiro ou pronto de boa qualidade, sal e pimenta moída na hora, 8 fatias de baguette original ou do brasileiríssimo pão francês genérico, 1 dente de alho cortado ao meio e fundamentais 150g de gruyère ralado. Ah! E um merlot.

Comece abrindo a garrafa de merlot e servindo uma taça, para deixar a bebida respirar. Depois, derreta a manteiga em fogo baixo, utilize uma panela grande de fundo grosso. Adicione a cebola, tempere e cozinhe mexendo regularmente até ficar marrom. Provavelmente vai demorar umas 90 minutos. Por isso, pegue aquela tacinha de merlot e dê um tempo no sofá, checando de quando em quando a cebola.

Quando a mistura estiver marrom, misture a farinha e o tomilho e cozinhe por alguns minutos, mexendo sempre. Em seguida adicione o vinagre e um terço do vinho/cidra mexendo e raspando todos os pedaços marrons do fundo da panela. Misture o restante do vinho/cidra espere reduzir um pouco e junte o caldo. Deixe ferver até o vinho reduzir (e não dar aquele gosto de álcool). Cozinhe por cerca de uma hora em fogo baixo. Enquanto isso, aqueça o forno, esfregue o alho nas fatias de pão torrado e pincele com manteiga derretida de ambos os lados.

Use uma concha para servir em pratos de sopa que possam ir ao forno. Coloque as fatias de pão sobre a sopa, uma quantidade generosa de queijo e leve ao forno até dourar.

Voilá! Pegue uma colher imediatamente!

Cinco receitas de caldinhos deliciosos para você se aquecer neste inverno

#3 Caldo verde

Cinco receitas de caldinhos deliciosos para você se aquecer neste inverno

Hum!!!!! Aquele caldinho verde que vovó e mamãe faziam!

Não se desespere! Vou te ajudar a fazer um tão bom quanto:

Ingredientes: quatro batatas médias, uma colher (sopa) de óleo, cinco xícaras (chá) de água, 1 tablete de caldo de galinha, uma colher ( sopa ) rasa de sal, uma xícara (chá) de couve (aquelas já cortadas em tirinhas no mercado, né, amiga?!), se não for vegetariano coloque também, uma linguiça calabresa defumada cortada em rodelas

Como fazer?

Calma. Vamos juntos!

Em uma panela de pressão coloque a água, o óleo, sal o caldo de galinha e as batatas. Deixe cozinhar por pelo menos 10 minutos após a panela pegar pressão, e certifique-se de que a batata desmanchou após o cozimento.

Bata esse caldo no liquidificador até virar um creme.

Em uma outra panela adicione a couve manteiga e mexa bem, então desligue o fogo e sirva.

Para a versão com calabresa, após bater o caldo no liquidificador, frite as calabresas na panela e então inclua o caldo e a couve. Eu, particularmente, gosto de cortar a calabresa em pedaços.

#4 Creme de cenoura e açafrão

Cinco receitas de caldinhos deliciosos para você se aquecer neste inverno

Uma das minhas preferidas. E receita da poderosíssima nutricionista Patricia Leite, do Rio de Janeiro.

Você precisa de:  uma cebola, dois dentes de alho, 50ml de azeite, 400g de batata descascada, 400g de cenoura descascada, um litro e meio de água, 50ml de creme de leite light, pistilos de açafrão (ou desidratado) a gosto, sal a gosto. Se gostar, uma pimentinha também cai bem.

Em uma panela, refogue a cebola e o alho no azeite. Adicione as cenouras e as batatas e mexa. Coloque a água e deixe cozinhar até ficarem bem macios. Em seguida, bata tudo no liquidificador e retorne à panela. Acrescente o açafrão e o creme de leite light, acerte o sal e cozinhe mais alguns minutos.

Para os gulosos como eu, uns croutons ou uns bacons fritos caem super bem por cima. Só para dar um gostinho em cima. Uma colherzinha, gente!

#5 Capeletti in brodo

Cinco receitas de caldinhos deliciosos para você se aquecer neste inverno

Ricetta della nonna!

Anote aí os ingredientes: três litros de água, um peito de frango sem pele, um colher (sopa) de sal, uma cenoura ralada, 500g de capeletti, um tablete de caldo de galinha, uma pitada de noz moscada, 1/4 xícara (chá) de salsa e cebolinhas picadas, sal a gosto

Ferva a água e acrescente o peito de frango, o sal, a cenoura e deixe cozinhar por 1 hora. Retire o peito de frango e reserve. Junte o capeletti e acrescente o caldo de galinha. Tampe a panela e deixe ferver por 10 minutos. Adicione a noz moscada.

Desfie o frango e adicione à sopa, junto com a salsa e a cebolinha.

Bisu da Pantera: desfiar o frango.

Acerte o sal e tome!!!!

----------

Por Pilar Magnavita

#gastronomia #culinária #inverno #caldos #sopas #pratosdeinverno

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.