Fenomenal
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fenomenal
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Fenomenal
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

Mentes brilhantes preferem a solidão

Mentes brilhantes preferem a solidão
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Já dizia o ditado: “antes só do que mal acompanhado”. Especialmente quando viajamos com uma companhia desagradável ou quando nos vemos em pleno Carnaval ao lado de pessoas que escolhem aqueles programas super de índio que, talvez, os próprios caciques proibissem nas tribos. Aí desejamos muito estar sós! É ou não é?

O negócio se complica de verdade quando queremos ficar a sós com alguma frequência, porque achamos que a conversa um tanto besta...

... ou porque gostamos de fazer coisas que a maioria não curte muito.

E se você está quase aos prantos porque acha que companhias são coisa difíceis neste mundo de Deus, eu tenho uma boa notícia para você. Enxugue as lágrimas, porque a solidão é característica dos gênios.

Isso é porque pessoas muito inteligentes têm capacidade de resgatar conhecimentos gravados na memórias, fazer referências a diferentes áreas do conhecimento (abobrinhas também valem) e curtir conversas que debatem fatos e teorias em vez de falar de pessoas. Porque descobrir coisas novas ou ângulos diferentes de uma mesma questão as estimulam e dão certo barato. E vai encontrar isso no meio do populacho?

Na verdade, a solidão desperta o medo porque costuma ser associada ao vazio e à tristeza, especialmente quando é postergada longamente por uma atividade frenética e anestesiante.

O sociólogo Eric Klinenberg, da Universidade de Nova York, autor do estudo “Going Solo: The Extraordinary Rise and Surprising Appeal of Living Alone (“Ficando só: o extraordinário aumento e surpreendente apelo de viver sozinho”, em tradução livre), está convencido de que viver só significa, também, desfrutar de relações com mais qualidade, já que a maioria dos solteiros vê claramente que a solidão é muito melhor que se sentir mal-acompanhado. Há até estudos que asseguram que a solidão facilita o desenvolvimento da empatia.

As pessoas são seres sociais, mas depois de passar o dia rodeadas de gente, de reunião em reunião, atentas às redes sociais e ao celular, hiperativas e hiperconectadas, a solidão oferece um espaço de repouso capaz de curar. Uma das conclusões mais surpreendentes é que a solidão é fundamental para a criatividade, a inovação e a boa liderança. Estudo realizado em 1994 por Mihaly Csikszentmihalyi (o grande psicólogo da felicidade) comprovou que os adolescentes que não aguentam a solidão são incapazes de desenvolver seu talento criativo.

Se você sempre foi daqueles que prefere um bom livro em vez de má companhia, aqui vão cinco pensamentos para curtir a solidão numa boa:

1. Você é sua melhor companhia. A premissa básica é mudar a crença de que quem está acompanhado está melhor.

2. Uma oportunidade para nos conhecermos melhor e descobrir nosso rico mundo interior.

3. Em vez de se torturar, é preciso aproveitar a solidão para ler, pintar ou praticar esporte.

4. Escrever um diário. Ajuda a expressar sentimentos e a contemplar-se com mais conhecimento e carinho.

5. Como indica o psicólogo Javier Urra, com a solidão recuperamos “o gosto pelo silêncio e pelo domínio do tempo”.

Não tenha medo de ser você e se sentir sozinho. Tenha certeza de que suas relações serão muito melhores e mais qualificadas. E você terá muito mais prazer com isso. Até porque, embora estejamos cercados de gente e de muitos aparelhinhos para a gente se comunicar, há um alto grau de isolamento sendo estudado nos maiores centros universitários. Não existe sensação pior de solidão que aquela que se experimenta ao estar em casal ou com gente, né?

Para saber mais, recomendo a leitura do artigo na Contioutra

#mentesbrilhantes #inteligência #solidão #ciência #pesquisa #pessoas

Mulheres demoram mais a emagrecer do que homens

Não se vocês já fizeram esse experimento de emagrecer com o parceiro ou a parceira. Se você for um casal hetero vai saber do que estou falando. Ele vai enxugar tudo em um mês e você, moça, vai lutar MUITO para perder meio quilo por semana. No fim das contas, quando você chegou lá, no peso ideal, o filho da mãe já está recuperando alguma coisa de novo.

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

A diretora mexicana Mariana Chenillo (de "Cinco dias sem Nora") escreveu e filmou "Paraíso", que conta exatamente essa história. Chorei com esse filme, gente!

Pesquisadores das universidades britânicas de Aberdeen e Cambridge, além da americana Michigan, em esforço conjunto, já têm uma pista do motivo. Eles dizem que os hormônios responsáveis por regular o apetite, atividade física e gasto energético agem de formas diferentes entre os sexos. Isso significa que mulheres precisam de estratégias melhores para emagrecer do que os homens, segundo a professora Lora Heisler, de Aberdeen.

A descoberta pode alterar a forma como a obesidade é abordado através de medicação específica, acreditam os especialistas da Universidade de Aberdeen. Trabalhando com equipes da Universidade de Cambridge e da Universidade de Michigan, eles usaram um modelo de rato para estudar como o ganho de peso é diferente em cada sexo dependendo da atividade física e do gasto energético. Durante o estudo, os investigadores foram capazes de transformar macho obesos em ratos saudáveis, magros, mas a mesma transformação não ocorreu nos ratos fêmeas.

Mulheres demoram mais a emagrecer do que homens

Medicamentos atuais da obesidade estimulam a produção de peptídeos POMC no cérebro que regulam o apetite, aumentam o gasto calórico por meio de calor e incentivam os movimentos (exercícios). Mas os pesquisadores descobriram em ratos fêmeas hormônios extras que apenas regulavam o apetite.

Talvez seja por isso que a Organização Mundial de Saúde (OMS) relate mais casos de obesidade entre mulheres em todo o mundo. Meninas, somos mais gordas! Em algumas partes do mundo, os casos chegam a ser o dobro do que entre homens.

A pesquisadora Lora Heisler, que comandou a pesquisa com os times das universidades, observa que não há nenhuma diferença na forma como a obesidade é tratada em homens e mulheres hoje no mundo. E, no entanto, a parte do cérebro que determina como usamos calorias e o que comemos é moldado de forma diferente entre os dois sexos.

Ou seja: você pode virar um transgênero masculino, tomando todos os hormônios característicos do homem que você não vai conseguir mandar seu corpinho emagrecer como eles. Para isso, seria preciso mudar de cérebro. Homens e mulheres produzem pró-opiomelanocortin (POMC) que são responsáveis pela regulação nosso apetite, atividade física, o gasto de energia e peso corporal. O que esse povo cientista descobriu é que nem todos os neurônios POMC executam a mesma função.

Mulheres demoram mais a emagrecer do que homens

Enquanto nos homens ele faz o trabalho completo (com o benefício extra de também modular a atividade física e do gasto calórico), nas mulheres eles não estimulam muito a atividade física e o metabolismo não..

A pesquisa foi publicada na revista do metabolismo molecular.

Precisamos de remédios melhores? Talvez. Mas sem sombra de dúvidas precisamos mais de força de vontade de ir lá fora e se mexer. Eu, inclusive!

#exercício #emagrecimento #pesquisa #ciência #mulheres #gordura #apetite

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.