Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Esse mercado excluiu produtos importados para mandar mensagem importante

Tapa Da Pantera
há 2 meses9.9k visualizações

Você é contra imigrantes? Não gosta de dar dinheiro para estrangeiros?Então experimente ir ao mercado e não comprar nenhum produto feito fora do país! Foi esse cenário que o mercado alemão Edeka criou para seus clientes. Em vez de produtos, os consumidores encontraram prateleiras vazias e cartazes com os dizeres “esta prateleira é entediante sem variedade” e “nossa seleção agora conhece fronteiras.”

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Esse mercado excluiu produtos importados para mandar mensagem importante

A intenção do mercado era mandar uma mensagem forte a xenófobos e preconceituosos, criando uma reação visceral. Afinal muitas pessoas têm uma relação emotiva com suas comidas e seus lanches preferidos. Por isso, enfatizando que diversidade é importante, o mercado Edeka fez isso em sua filial de Hamburgo.

Por que Hamburgo? Porque é a segunda cidade mais populosa da Alemanha - fica atrás de Berlim - e tem 15% de estrangeiros entre seus habitantes, mas a situação ficou tensa quando, em 2016, na crise internacional de imigrantes, a chanceler do país, Angela Merkel, abriu as fronteiras alemãs para a entrada de refugiados. Cerca de 890 mil pessoas pediram asilo no país, o que fez crescer o sentimento nacionalista em uma parte da população local.

A campanha funcionou e chamou atenção (afinal, você está aqui, lendo este texto, né?) para a situação, mas também para o mercado, que seu deu bem. Um porta-voz do Edeka afirmou que o local “é sinônimo de variedade e diversidade. Em nossas lojas, vendemos vários alimentos produzido em muitas regiões da Alemanha… Mas apenas juntos, com produtos de outros países, é possível criar a variedade exclusiva que nossos consumidores valorizam. Estamos felizes que esta campanha tenha provocado tantas reações positivas.”

Essa peça de roupa afasta mulheres em apps de paquera

Tapa Da Pantera
há 2 meses21.8k visualizações

Dica para você, homem, que usa Tinder e outros apps de paquera. A equipe do aplicativo Hater, que conecta pessoas baseando-se no que elas NÃO gostam, fez uma pesquisa e descobriu que existe uma peça de roupa que é odiada por mulheres que usam apps e sites de encontros.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Essa peça de roupa afasta mulheres em apps de paquera

Depois e vasculhar as informações de seus 400 mil usuários, o time chegou a uma conclusão óbvia: shorts do tipo cargo (aqueles que quase sempre são da cor bege ou khaki e terminam logo acima do joelho) são odiados por mulheres.

A pesquisa foi feita de seguinte maneira: os usuários homens foram divididos em duas categorias. Em uma, os 50% que mais tinham likes. Em outra, os 50% que tinham menos curtidas. Fotos com shorts cargo eram as mais frequentes entre o segundo grupo. Curiosamente, o estudo também apontou forte rejeição feminina por homens que usam computadores com sistema Windows e gostam de Pokemon Go.

Essa peça de roupa afasta mulheres em apps de paquera

Na outra extremidade, entre preferências mais apreciadas por mulheres em homens estão roupas da J. Crew e cerveja PBR, um tipo de lager bastante associado à comunidade hipster americana. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.