Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

Ficar irritado em relacionamentos é necessário e saudável

Ficar irritado em relacionamentos é necessário e saudável
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Quem nunca, em momento de suprema irritação com o outro, disse para si mesmo que era preferível estar só do que em um relacionamento ridículo com alguém feio, bobo e com cara de mamão? Quem? Vamos à verdade: o parceiro sempre nos irrita em algum ponto. Pois a coach de relacionamentos Kira Asatryan afirma que isso é muito saudável. E ela tem total aval da ciência para dizer isso. Ela conduziu nove pesquisas relacionando a solidão com percepção social, saúde frágil, obesidade, inflamação, pressão sanguínea, demência, cognição social e genética. Ela colocou todos os resultados no livrinho "Stop being lonely" ("Pare de ser solitário", na tradução livre), disponível na Amazon por US$ 12.

O que ela concluiu? Que conflitos leves são muito saudáveis para qualquer relacionamento, seja amoroso, familiar ou com os amigos.

#1 Comportamento irritante é sinal de estar confortável com o outro

Quando você começar a namorar alguém, é comum estar no seu melhor comportamento. A gente até finge que gosta de certas só para agradar o outro, né?! E você irá perceber que está num relacionamento de verdade quando abdica dessa versão perfeitinha demais de você mesmo para ficar mais à vontade. E aí que vem a primeira prova de fogo de todo e qualquer relacionamento: as primeiras irritações.

Expressar suas autênticas esquisitices é um sinal de um nível saudável de conforto em um relacionamento. Quando você começar a bater de frente, isso significa que você já não sente a necessidade de dizer sempre a coisa certa, o que é uma coisa boa para a longevidade do relacionamento. Uma hora será você, outra será o outro. E a vida nos ensina a ceder de vez em quando.

#2 Mas também é um sinal de que você não está muito legal com algum aspecto

Kira Asatryan diz que a sentença de morte real de um relacionamento não é o conflito... é a retirada emocional. Genial, né?! Quando você chegou ao ponto no qual não dá mais para reunir todos seus sentimentos sobre o seu parceiro - nem mesmo irritação ou frustração - é sinal de que você emocionalmente já pulou fora. A indiferença é a morte para qualquer coisa neste mundo: humanos, animais, plantas e relacionamentos.

Se você estiver sentindo um pouco irritado com o parceiro, isso significa que você ainda tem sentimentos pelo outro. Aborrecimentos em um relacionamento nem sempre é uma coisa ruim, porque pode ser um sinal de que ainda há algo entre vocês. Superem juntos e continuem a caminhar.

#3 Aborrecimentos oferecem oportunidades de crescimento

Ficar irritado em relacionamentos é necessário e saudável

É aquele velho papo budista de crescimento pessoal, eu sei. Mas é verdade! Claro que às vezes o comportamento irritante é apenas... irritante! E não há nenhum propósito maior para se buscar nisso. Tipo: a criatura sempre se atrasa para os compromissos ou vive se esquecendo do que você fala ou mesmo fica com os dedinhos atracados no maldito celular! #pelamor, gente.. isso é irritante! Não que eu não faça nada disso (faço, sim), mas são coisas que ninguém gosta. E você se aborrece simplesmente porque são chatas!

Mas o que Kira diz é que, em determinadas vezes, alguns atritos podem ser nada mais do que as diferenças de cada um se esfregando uma na outra. E, para um relacionamento durar, é preciso deixar que se esfreguem o suficiente para que fiquem polidinhas e deixem de gerar atritos. Para esse "deixar rolar", é preciso reavaliar as diferenças e tolerar o que não puder ser modificado. É claro que, se o outro for um cavalo agressivo e isso te fizer mal, não vai dar para conviver com essa "diferença", mas se for um determinado comportamento menos ruim, então tentem encontrar um jeito de conviverem com isso. Vocês irão crescer muito. Acreditem! :o)

#relacionamentos #comportamento #romance #amizade #família #kiraasatryan

30 experiências para se ter aos 30

Ah! Os 30 anos... Década perfeita da vida, já dizia Balzac em relação às mulheres! Sabemos mais que nos 20 anos, erramos menos, buscamos qualidade de relacionamentos e experiências. E, no entanto, a gente pira legal quando saímos dos 29 anos. No fundo, acreditamos que a juventude acabou... até descobrirmos que não! Tudo continua! À exceção talvez da sua capacidade jovial de se recuperar rápido de ressacas, contusões e uma partida de futebol. Isso, amigo, já era!

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

No entanto a vida nunca esteve melhor. Você está ganhando um pouquinho mais, na maioria das vezes pai e mãe dão uma força nas contas (se você ainda não morar com eles, né?! Sem pressão.), você tem liberdade para fazer o que quiser da sua vida.... só coisa boa! Bem-vindo à vida adulta! Enfim!

E com esses grandes poderes vêm também grandes responsabilidades. 

Por isso listamos aqui 30 coisas para você fazer antes que esse período da sua vida voe tão depressa quanto foi com seus 20 aninhos. Todas elas são experiências para a vida, de acordo com o Business Insider Australia. Eles foram radicais em dizer são coisas para serem feitas antes completar as três décadas de vida. 

Eu acho que não. E por isso montei minha própria lista. Vejam e me digam o que acham!

#1 Viaje para um lugar super exótico. Nada vai te enriquecer tanto quanto ver e conhecer realidades muito diferentes da sua. Indonésia, Grécia, Patagônia, Outback australiano.... Garanto que voltará outra pessoa.

30 experiências para se ter aos 30

#2 Corra uma meia maratona. Ou uma maratona qualquer. Momento de superação, gente! Todo mundo passa por isso.

30 experiências para se ter aos 30

#3 Deixar de ser mão de vaca ao menos uma vez e gastar uma grana sem se preocupar com a conta naquele restaurante que você sempre quis ir na vida. Você merece!

30 experiências para se ter aos 30

#4 Aprender a cozinhar um prato clássico da gastronomia ou uma assinatura de um chef famoso. Faça para impressionar aquela mina ou aquele carinha que tem bom gosto para comer... ou mesmo pai e mãe que merecem tudo de bom.

30 experiências para se ter aos 30

#5 Dirija ao menos em um test-drive o carro dos seus sonhos. E depois ostente isso em todas as suas redes sociais, né!?

30 experiências para se ter aos 30

#6 Festejar muito numa cidade estrangeira até ver o sol nascer. Que demais!!! E depois leve cinco dias da sua viagem para se recuperar. Mas vale a pena!

30 experiências para se ter aos 30

#7 Arrisque-se! Pule de bungee-jumpinh, skydiving, asa delta, parapente, voe num planador sem motor... Ganhe o mundo e os ares em poucos segundos e sinta toda a adrenalina que seu coraçãozinho ainda pode suportar nessa idade. The clock is ticking tic tac tic tac...

30 experiências para se ter aos 30

#8 Busque seus ancestrais e parentes. Conheça sua própria origem e árvore genealógica. Vai que você não descobre um primo rico para uma amizade desinteressada? (brincadeirinha!) Entender de onde viemos é fundamental para compreender para onde vamos e como vamos. Você pode se surpreender com o que vai encontrar. Seu tataravô, por exemplo, pode ter sido filho bastardo de D. Pedro I (vai se saber...).

#9 Leia todos os livros do seu autor favorito (e talvez descubra que ele nem é tão seu favorito assim).

(Crédito: Surbiton High)

30 experiências para se ter aos 30

#10 Tenha uma noite em um camping sob as estrelas. É incrível! Recomendo muitíssimo!

30 experiências para se ter aos 30

#11 Suba uma montanha. Sim, seu preguiçoso, é uma experiência muito legal. Não precisa ser o Everest, mas também Pedra da Gávea no Rio não, né?!

30 experiências para se ter aos 30

#12 Acerte suas contas, coloque as finanças em ordem, pague aquele financiamento universitário de vez no lugar de comprar o novo iPhone. Vá e não peques mais, irmão.

#13 Aprenda a preparar coquetéis, drinks legais e gostosos... ao menos um Mojito ou caipirinha básica, vai...

#14 Mergulhar! No mar, né?! Não na piscina. É uma experiência incrível!

30 experiências para se ter aos 30

#15 Abrir o vezeirão e o coração em uma noite de karaokê, com os amigos. É muuuuuuuito divertido. Fiz isso uma vez em Korea Town em Nova York e foi inesquecível. <3

#16 Aprender uma terceira língua (imaginando que o inglês ou o espanhol já esteja riscado da lista). 

#17 Mime-se, se ponha no colo e compre uma coisa muito legal que, tecnicamente, você não poderia comprar. Tipo uma viagem para a Grécia!...

30 experiências para se ter aos 30

Mas serve um terninho Armani sob medida.

30 experiências para se ter aos 30

#18 Ir a um super grande evento de esporte, tipo Rio 2016 ou Superbowl ou Winbledon. Copa não dá mais. Copa morreu depois daquele 7x1.

30 experiências para se ter aos 30

#19 Faça uma viagem sozinho. É uma autodescoberta! Para falar a verdade, depois que fui morar sozinha em Nova York por alguns meses em 2013, passei a gostar muito de viajar sozinha. Ano passado cheguei a ir a Alagoas, só eu e Deus, para conhecer o litoral inteiro daquele Caribe brasileiro. É bom demais. A gente faz amigos e conhece pessoas legais.

30 experiências para se ter aos 30

#20 Aprenda a fazer algo totalmente diverso do que você está acostumado. Eu, por exemplo, estou começando aulas de padaria. Estou aprendendo a fazer pães de todo tipo (e me controlando para não virar um bujãozinho ainda maior). 

30 experiências para se ter aos 30

#21 Desplugue-se do mundo, saia do ar, refugie-se num paraíso sem internet, sinal de celular, televisão... Já fugi para o meio de muita natureza e foi uma das coisas mais legais que fiz com meu marido. EM vez de nos conectarmos com o mundo, nós dois nos conectamos muito. ;o) 

30 experiências para se ter aos 30

#22 Desfile num super bloco de Carnaval ou numa escola de samba. Mesmo você não curtindo esses festejos (e sou dessas, meu bem) essa experiência é uma das coisas mais incríveis pelas quais a gente vibra enquanto tem saúde. Se nunca foi a Sapucaí, não faz ideia da mágica que é esse desfile. E também não tem noção do que estou falando.

30 experiências para se ter aos 30

#23 Seja voluntário em uma atividade ao menos uma vez na sua vida, enquanto for jovem. Isso mudará radicalmente sua visão de mundo e sobre as pessoas de modo geral. É uma experiência que considero fundamental para qualquer pessoa.

30 experiências para se ter aos 30

#24 Ter um relacionamento sério com alguém. E não vale seu cachorro, seu gato, sua cama ou seu restaurante favorito. Mas não precisa ser romântico: aceitamos seu roommate. É importante viver uma experiência como essa para que hábitos não se tornem vícios e depois sejam difíceis de quebrar ao se juntar com outra pessoa. Dividir um apê é algo transcendental para aprender a viver consigo a respeitar o outro. Recomendo!

#25 Ir a Nova York. Definitivamente, acho que todos devemos conhecer a Big Aple. Faz parte do crescimento pessoal aprender a não torrar o cartão com tudo tão barato e a andar naquele metrô, naquela selva de pedra, onde o mundo inteiro se encontra. Experiência que serve para a vida!

30 experiências para se ter aos 30

#26 Passar um Réveillon em um lugar internacional. Eu imagino Sydney, na Austrália, onde a virada de ano é tudo de bom! Põe Copacabana no chinelo. Mas Puerto Madero, em Buenos Aires (Argentina), também serve. 

30 experiências para se ter aos 30

#27 Experimente nadar peladão. Parece meio doideira isso, mas juro que é uma experiência libertadora!

30 experiências para se ter aos 30

#28 More sozinho. Seja num intercâmbio (o que é muito melhor), seja na própria cidade natal, mas dê a você a chance de se conhecer. Nada consegue ser mais "autodescoberta" do que essa experiência de você com você mesmo, aprendendo a buscar qualidade nas relações interpessoais e contigo próprio.

30 experiências para se ter aos 30

#29 Cuide de um bichinho. Sério! De cães a gatinhos e até peixinhos, cuidar e se responsabilizar por um animalzinho é uma das coisas mais interessantes na experiência humana. Eles confiam plenamente em você e isso é gratificante, pode acreditar.

30 experiências para se ter aos 30

#30 Aprenda um instrumento musical e dê vazão às suas emoções.

#experiências #gente #aos30 #derepente30 #vivências

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.